GP da Alemanha de 1990 – Ayrton Senna vence em Hockenheim e atinge marca importante

GP da Alemanha de 1990 – Ayrton Senna vence em Hockenheim e atinge marca importante

Like
262
0
sexta-feira, 09 outubro 2020
Clássicos da Fórmula 1

O GP da Alemanha de 1990 disputado em Hockenheim foi de uma vitória importante na carreira de Ayrton Senna. Naquele momento, o brasileiro lutava pela liderança da F1 contra Alain Prost de Ferrari. Foi a 4ª vitória de Senna, dessa forma, abrindo com mais uma vitória a 2ª metade daquela temporada. Os Clássicos da Fórmula 1 viaja mais uma vez no tempo e relembra como foi esse Grande Prêmio. Confira!   

Por: Luiz Maximo Morelo, de São Paulo.

Seria pela última vez, desde o início da Fórmula 1, em 1950, que a corrida seria chamada de Grande Prêmio da Alemanha Ocidental. Justamente naquele ano, cairia o muro de Berlim e por consequência, ocorreria a reunificação da Alemanha Ocidental e Oriental. Portanto, a partir de 1991, a corrida passaria a ser denominada de Grande Prêmio da Alemanha.

Clássicos da Fórmula 1 – GP da Alemanha de 1990

Contudo, Luiz Maximo Morelo apresenta em podcast, mais uma edição dos Clássicos da Fórmula 1. Saiba em detalhes como foi esse GP. Portanto, aperte os cintos e curta a viagem no tempo.

Assim, clique abaixo para ouvir o podcast no spotify:

Início 

Durante os treinos, Alessandro Nannini teve um sério acidente com seu Benetton novo. Porém, o italiano conseguiu participar normalmente da corrida, mas com outro chassi novo. Por outro lado, a McLaren aproveitou a enorme potência do motor Honda para uma dobradinha no grid de largada. Ayrton Senna superou por 236 milésimos Gerhard Berger para assegurar a pole position. Enquanto que a segunda fila era toda da Ferrari. Porém, os carros vermelhos ficaram a mais de 1 segundo e meio atrás da dupla da McLaren.

Na corrida, muito calor e sol em Hockenheim. Assim, um dia perfeito para uma corrida de Fórmula 1. A largada ocorre sem problemas. Ayrton Senna mantém a liderança seguido por Gerhard Berger, Nigel Mansell e Alain Prost. Logo, Thierry Boutsen deu uma escapada no início da prova e deu a Nelson Piquet o 6º lugar com Alessandro Nannini logo atrás dele.

Apesar de Ayrton Senna e Gerhard Berger controlarem a corrida, Alain Prost não deixava os dois abrirem muita vantagem. No entanto, o forte calor fez com que as paradas fossem antecipadas. Assim, Ayrton Senna faz um ótimo pit-stop na volta 18, mas é ultrapassado por Alessandro Nannini.

O efeito do calor na pista de Hockenheim

Lá pela metade da prova, vários carros das equipes menores tinham abandonado com problemas mecânicos. Em contrapartida, as equipes grandes resistiam bem ao calor em Hockenheim. Exceto Nigel Mansell que abandonou, McLaren, Ferrari e Williams resistiam bem na corrida.

Fórmula 1 1990 - GP da Alemanha - Nanini e Senna

GP da Alemanha – Nanini e Senna. Foto: Reprodução / Benetton Formula / Facebook

Na 34ª volta e faltando apenas 12 voltas para o final, Alessandro Nanini estava na liderança. Porém, Ayrton Senna, em 2º lugar, aproveita um pequeno erro de Nannini na saída da 1ª curva para efetuar a ultrapassagem. A ultrapassagem se deu facilmente na longa reta posterior 2ª chicane de Hockenheim.

Alessandro Nannini não resistiu, mas garantiu um ótimo 2º lugar. As voltas finais foram tranquilas para Ayrton Senna até receber a bandeira quadriculada pela 24ª vez. Assim, Senna igualava ao número de vitórias da lenda Juan Manuel Fangio.

Foto destaque: Reprodução / 1990sF1/ Twitter

Luiz Máximo Moreno Morelo

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

335 posts | 0 comments

Comments are closed.