Futsal: Jackson Samurai diz que Corinthians não paga salários há três meses e ressalta: “Não temos previsão de receber”

Futsal: Jackson Samurai diz que Corinthians não paga salários há três meses e ressalta: “Não temos previsão de receber”

3
665
0
quinta-feira, 25 junho 2020
Futsal

Um dos grandes reforços para o Corinthians em 2020, o ala Jackson Samurai afirmou que a equipe de futsal está três meses sem receber salários. Em entrevista concedida ao Podcast ‘Toca & Sai”, do narrador Daniel Pereira, do SporTV, o jogador disse que sequer há previsão de pagamento no próximo mês.

Por Thiago Lopes, Caieiras-SP

Houve redução, mas não houve pagamento

Ainda na conversa com os jornalistas do SporTV, Jackson revelou que antes do início da pandemia, o clube acertou com os jogadores que estes teriam redução de 50% dos valores dos seus respectivos salários. Assim como havia dito o goleiro Scütt, em entrevista exclusiva à Rádio Poliesportiva.

Nós estamos há três meses sem receber. Nós fizemos acordo de redução de 50% do salário e nem com essa redução nós recebemos ainda. Para mim isso foi um baque, porque sempre consegui estar em clubes de grande nível ao longo da minha carreira. Nunca tive esse problema. Infelizmente, pelo que vejo, não temos previsão de receber no próximo mês. Porque a situação do Corinthians está bem complicada, inclusive acabaram com o basquete – afirmou o ala.

“Para gente [atletas] conseguir manter um apartamento em São Paulo, três meses sem receber, começa a ficar inviável, insustentável”, pontuou.

Em sua segunda passagem no Timão, Jackson, aos 30 anos, também comentou que foi dispensado pelo clube em 2013 pelo técnico Miltinho. O motivo teria sido por “deficiência técnica”.

– Foi uma coisa que mexeu muito comigo, porque não acredito que tenha sido dispensa técnica. Mesmo porque, no mês seguinte, eu fui convocado para a seleção. Carreguei isso sempre comigo e acabou que eu me motivava quando lembrava do fato – ressaltou.

Previsão de retorno do futsal

O Corinthians é uma das grandes forças no futsal brasileiro. E além de manter boa parte da base do time de 2019, pôde contar com alguns reforços para a temporada. Até a paralisação a expectativa do Timão era muito grande, o que não quer dizer que não permanecerá na retomada pós-pandemia. Vale lembrar que há possibilidade de um novo formato na Liga Nacional de Futsal, com maratona de jogos em sequência.

O acordo, no entanto, ficará pendente aos decretos municipais e também estaduais relacionado à flexibilização da quarentena, para ser colocando em prática. Contudo, em uma chave ficariam as equipes de São Paulo, Minas Gerais e Brasília. Nas outras duas, os representantes da Região Sul, com a utilização de um ranking ligado à classificação da primeira fase do ano passado para dividi-los.

Assim como outras equipes, todo o elenco do Corinthians segue sob quarentena realizando as atividades físicas em casa.  E por ser do estado onde há mais casos de vítimas fatais pela doença (São Paulo), a equipe será uma das últimas a retornar as atividades normais presencialmente.

Foto destaque: Yuri Gomes/Elite Comunicação

Thiago Lopes

Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

38 posts | 0 comments

Comments are closed.