Fórmula 2: Após acidente Sérgio Sette Câmara foi impedido de competir em Mônaco

Fórmula 2: Após acidente Sérgio Sette Câmara foi impedido de competir em Mônaco

Like
624
0
domingo, 27 maio 2018
Automobilismo

Por: Quick Comunicação e Marketing
Adaptação: Luiz Maximo e Paulo Arnaldo / Poliesportiva

 

Neste final de semana, em Monte Carlo, principado de Mônaco, ocorreu a quarta rodada dupla da Fórmula 2, categoria de acesso à Fórmula 1 e que faz parte da programação dos finais de semana dos GPs da categoria máxima do automobilismo. Infelizmente, Sérgio Sette Câmara, único piloto brasileiro na competição, sofreu uma forte batida no treino de classificação e devido ao acidente, o piloto brasileiro passou por avaliação médica e foi proibido de participar das corridas que valeriam pontos pela sétima e oitava etapa da temporada 2018.

Vindo de um final de semana cheio de problemas no GP da Espanha, há duas semanas, Sette Câmara chegou bastante animado à Monte Carlo. Confiante no bom trabalho da equipe Carlin e na sua dedicada preparação nos simuladores, o piloto brasileiro tinha ciência das boas possibilidades para essa prova.

Com uma programação diferente das demais etapas do ano, as primeiras atividades de pista do foram realizadas na quinta-feira. No treino livre, que teve duração de 40 minutos, Sette já dava mostras que tinha um bom equipamento ao registrar a quinta melhor marca, com o tempo de 1m22s553.

Ciente de que tinham pontos a serem melhorados no carro, piloto e equipe buscaram detalhes no ajuste. Isso deixava Sette Câmara muito confiante para o treino de classificação. No primeiro jogo de pneus, o brasileiro conseguiu estabelecer a marca de 1m21s901, tempo esse que lhe renderia a quarta colocação no grid geral. Após rápida parada nos boxes e troca de pneus, Sette Câmara voltou para a pista em busca de melhorar dois décimos em seu tempo. Caso conseguisse, poderia alcançar a pole. Após abrir a volta rápida, na entrada da curva um, a Sainte Devoté, o carro saiu de frente e se chocou violentamente contra a barreira de proteção da pista. A batida de tão forte fez o Sérgio ao sair do carro com fortes dores na mão direita ser levado ao Centro Médico.

Foto: Quick Comunicação e Marketing

O piloto fez exames e foi avaliado pelos médicos da logo pela manhã no dia da corrida 1. Foi constatado uma séria luxação no pulso direito, o que fez que os profissionais de saúde vetarem a participação do brasileiro nessa rodada dupla. Sette Câmara deixou a cidade de Monte Carlo e seguiu para Barcelona, cidade onde mora há quatro anos, onde seguirá sua recuperação. A quinta rodada do Mundial de F2 será entre os dias 22 e 24 de junho, em Paul Ricard, na França.

“Durante a classificação, quando eu buscava o limite do carro para tentarmos a pole, sofri um acidente na última volta. Tive uma contusão na mão direita e os médicos da FIA entenderam por bem não permitir minha participação nas corridas deste fim de semana. Estou extremamente chateado! Mas, isso não vai me abalar. Vou focar 100% na minha recuperação para a próxima corrida em Paul Ricard, daqui a um mês. Agradeço a todos os meus patrocinadores e as centenas de mensagens de apoio que recebi desde ontem… Muito grato a todos vocês”, explicou o piloto.

O russo Artem Markelov, da Russiam Time e o italiano Antonio Fuoco, da Charouz Racing System foram os vencedores da quarta etapa da temporada, disputada no Circuito de Monte Carlo em Mônaco.

 

Foto em destaque: Quick Comunicação e Marketing

Luiz Máximo Moreno Morelo

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

345 posts | 0 comments

Comments are closed.