Fórmula 1: Kimi Raikkonen brilha em Austin

Fórmula 1: Kimi Raikkonen brilha em Austin

Like
600
0
domingo, 21 outubro 2018
Automobilismo

 

Por: Lucas Rodrigues, de São Paulo, SP.

 

Neste domingo, em Austin, o Grande Prêmio de Fórmula 1 dos Estados Unidos não foi a vez de Vettel e nem de Hamilton como destaque. A estrela que brilhou neste GP foi a de Kimi Raikkonen, depois de quase cinco anos sem vencer um Grande Prêmio, finalmente o finlandês subiu no lugar mais alto do pódio e conquistou a vitória de número 50 da história do seu país na Fórmula 1. Mais um feito desse excelente piloto que será lembrado para sempre.

O início da prova foi agitado com Lewis Hamilton largando na frente e Kimi em segundo a disputa começou logo na largada, Raikkonen largou melhor e assumiu a ponta ainda na primeira curva e seguiu assim. Logo atrás dos líderes, o Bottas se manteve na terceira posição, em seguida Daniel Ricciardo e Sebastian Vettel. O alemão pressionado tratou de ir logo para cima de Daniel e conseguiu a ultrapassagem, mas na retomada acabou errando e, para não perder a posição, precisou jogar duro contra Ricciardo. Foi nesse momento que a prova começou a ficar dramática para Sebastian.

 

Vettel forçou para cima de Ricciardo e acabou rodando. Fonte – Twitter F1.

O tetracampeão bateu roda com roda em Daniel e levou a pior, sua Ferrari rodou na pista e ele caiu para o fim do grid. Restou apenas uma corrida de recuperação, já que brigar pelas primeiras posições já não seria mais possível. Aconteceram outros dois acidentes ainda na primeira volta, Stroll mais uma vez tocou no carro de Alonso, que acabou abandonando a prova e Romain Grosjean também acabou tocando, dessa vez em Leclerc, e ambos os pilotos também precisaram abandonar a corrida. Sem contar Daniel Ricciardo, que teve mais um problema com motores, seu carro simplesmente parou de funcionar, o australiano abandonou e estava visivelmente irritado com a situação.

 

Alonso e Stroll se tocam mais uma vez. Fonte – Twitter F1.

Mas você acha que os problemas de Daniel com a RBR param por aí? Bom, achou errado! Ele já tem um contrato estabelecido com a Renault para a próxima temporada e com isso a RBR não quer deixá-lo testar os novos carros da equipe, que terá motor Honda e, por ele ainda ser piloto da Red Bull, a equipe não quer liberá-lo para fazer testes com o novo carro da Renault. Situação mais que complicada vivida pelo Ricciardo.

A corrida seguiu bem disputada na parte da frente. Max Verstappen mostrou mais uma vez que está amadurecendo cada vez mais e foi eleito o piloto do dia. Fez uma corrida espetacular, largou de 15º colocado e chegou em segundo, deu um show ao defender sua posição dos ataques de Lewis, que precisava apenas de um segundo lugar para cruzar a linha de chegada como Pentacampeão, mas o garoto prodígio estava tão bem, que Hamilton acabou errando. Essa disputa pela segunda posição ajudou Kimi a garantir o primeiro lugar e vencer o GP de Austin e se tornar o finlandês com mais vitórias na história da Fórmula 1.

 

A era Kimi Raikkonen. Fonte – Twitter F1.

Enfim, a decisão do título mundial de pilotos seguiu para o México, onde ocorrerá o próximo Grande Prêmio. Se você já ficou empolgado com esse último GP, imagina as emoções que teremos na próxima corrida? Então não perca nada e acompanhe todos os detalhes aqui com a gente da Rádio Poliesportiva!

 

Foto em destaque: Fonte Twitter F1.

 

Lucas Rodrigues

Lucas Rodrigues

52 posts | 0 comments

Comments are closed.