Fórmula 1 1950/1959: Alberto Ascari – Bremgarten 1953

Fórmula 1 1950/1959: Alberto Ascari – Bremgarten 1953

Like
992
0
sexta-feira, 13 outubro 2017
Automobilismo

Alberto Ascari possuía muitos pontos fortes mas o maior de todos era sua velocidade absoluta. Durante o tempo em que permaneceu na Ferrari, ele transformaria isto em demonstrações do início ao fim, imune a pressões, em um estilo tranquilo. A adversidade no Grand Prix da Suíça de 1953, entretanto, sugeriu que ele poderia inclusive ter andado mais rápido do que era usualmente evidente.

Ao final da temporada, o modelo A6SSG da Maserati estava se aproximando dos níveis de desempenho da Ferrari, embora não ainda em confiabilidade, e foi o exemplo de Juan Manuel Fangio que ganhou a pole e saiu na frente logo na largada. No entanto, Ascari o ultrapassou antes que completassem a primeira volta. Ele então se distanciou claramente sem esforço com a dominação rotineira vista com tanta frequência antes, especialmente nesta ocasião, quando o carro de Fangio novamente quebrou.

Pouco depois da metade da prova, a Ferrari que liderava entrou, estranhamente falhando, nos boxes. Um injetor estava entupido. Sua liderança era tão ampla que embora perdendo um minuto e meio, ainda conseguiu voltar para a pista em sexto lugar. Pouco depois estava em terceiro. À frente dele estavam as duas Ferraris; de Giuseppe Farina e Mike Hawthorn, dois pilotos de nível mundial em carros idênticos ao dele com substancial vantagem sobre o seu. Ele fazia voltas em um ritmo completamente diferente, não somente em relação a seus companheiros de equipe. Ele estava tirando de Farina cerca de três segundos por volta, mais de Hawthorn. Mas inclusive a seu próprio ritmo da liderança que havia mantido anteriormente.

A política da Ferrari em tais situações era reduzir o ritmo e o chefe de equipe, Ugolini, mostrou devidamente a placa com esta solicitação. Alberto Ascari não deu a menor atenção a isso. Ele rapidamente despachou o inglês e passou a perseguir Farina. O orgulhoso Giuseppe tinha um problema com Ascari, convencido de que era igualmente rápido. Ascari o dissuadiu dessa noção de uma vez por todas e o ultrapassou na 54ª volta, faltando 12 para o final. Farina queixou-se amargamente após a corrida de que Ascari havia desobedecido ordens da equipe. Ascari alegou como desculpa que tinha ficado ofuscado pelo sol na reta dos boxes. Não importa. Ele conquistou um segundo título mundial consecutivo.

 

Foto de capa: The Cahier Archive

 

Redator: Luiz Máximo, de São Paulo.

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

350 posts | 0 comments

Menu Title