Ex-companheiro de Senna na F1 morre aos 62 anos

Ex-companheiro de Senna na F1 morre aos 62 anos

Like
544
0
segunda-feira, 22 março 2021
Automobilismo

O automobilismo está de luto. Nesta segunda-feira (22), faleceu o ex-piloto Johnny Dumfries. Ele, que possuía 62 anos de idade, foi parceiro de Ayrton Senna na Lotus. A morte foi confirmada por meio de um comunicado feito pela família do escocês. A causa não foi revelada, mas os familiares divulgaram que o ex-Fórmula 1 estava doente. 

Por: Luciano Massi, São Paulo-SP

Antes de ingressar na mais importante categoria do automobilismo, Dumfries passou pela Fórmula 3000 e F3 Britânica, onde foi campeão. Depois disso, em 1986, integrou a Lotus, na F1. Por lá, o escocês dividiu os boxes com Ayrton Senna. Naquele ano, somou apenas três pontos, terminando sua empreitada na modesta 13ª colocação geral.

Assim, a parceria com o brasileiro, e a equipe, durou apenas uma temporada. Sem dúvidas, o ponto alto da carreira de Johnny Dumfries não aconteceu nos monopostos, mas sim nos protótipos. Posteriormente, após deixar a F1, migrou para o endurance. Junto a Jaguar, sua primeira equipe na categoria, venceu a prestigiosa 24h de Le Mans. Por fim, sua jornada como piloto durou até 1991, quando pendurou as luvas. Conforme dito no início do texto, a família do britânico decidiu em não revelar a causa da morte de Dumfries.

Foto em destaque: Crédito/Reprodução

Luciano Massi

Paulistano de 21 anos. Estudante de jornalismo. Narrador, repórter, amante do automobilismo, futebol, basquete e esportes olímpicos.

126 posts | 0 comments

Comments are closed.

Menu Title