Em semifinais eletrizantes Grêmio e Lanús chegam a final da Copa Libertadores.

Em semifinais eletrizantes Grêmio e Lanús chegam a final da Copa Libertadores.

Like
1007
0
sexta-feira, 03 novembro 2017
Libertadores

 

Lanús 4 x 2 River Plate

Em jogo épico Lanús consegue remontada em cima do River e consegue classificação heroica e inédita para a grande final da Copa Libertadores.

Primeiro tempo

Na etapa inicial, o Lanús começou jogando no campo do River tomando a iniciativa do jogo e criando as principais oportunidades. Mas foi o River que saiu na frente após pênalti cobrado pelo artilheiro Ignácio Sccoco. O segundo gol que colocava os milionários muito perto da final saiu aos 23 minutos com o zagueiro Montiel. Mas o valente time do Lanús não se abateu e chegou ao primeiro gol aos 45 minutos, com o experiente  atacante José Sand.

Segundo tempo 

Os 45 minutos finais foram mágicos. O Lanús voltou com uma postura diferente e dominou completamente o jogo, o técnico Almiron adiantou o seu meio campo e não deu chances para os visitantes. Logo depois do reinício, aos 2 minutos, Sand  marcou o gol de empate. Aos 17 minutos, Lautaro Acosta marcou o gol da virada para dar aquela esperança. Os donos da casa eram empurrados por sua apaixonada torcida e o estádio La Fortaleza pulsava em um só ritmo.

A partida ainda seria marcada por muita tensão e uma grande polêmica. Aos 24 minutos, o zagueiro Montiel puxou Pasquini dentro da área. No primeiro momento, o árbitro Wilmar Rondán não viu infração e consultou pela primeira vez o VAR, que é o sistema de vídeo que ajuda a arbitragem a corrigir erros. O  pênalti foi marcado após o árbitro decidir com  o auxilio da imagem. Na cobrança, o meia Alejandro Silva deslocou o goleiro e fez o gol que deu a vaga aos Grenates na finalíssima. Classificação heroica da modesta equipe argentina que chega pela primeira vez em sua história na Final. Os Grenates agora enfrentam o Grêmio na grande final.

 

Foto: Conmebol.com / Divulgação

 

Grêmio 0 x 1 Barcelona de Guayaquil

Grêmio joga com a vantagem debaixo do braço e chega pela quarta vez na finalíssima da maior competição de clubes da América.

Primeiro tempo

Os equatorianos precisavam de gols. Por isso tiveram uma postura ofensiva e buscaram o ataque desde o primeiro minuto. Já os donos da casa buscavam os contra ataques para matar o confronto. No fim do primeiro tempo, o Barcelona chegou ao gol após boa jogada do atacante Caicedo pelo lado esquerdo e o atacante Jonathan Alvez mostrou mais uma vez muito oportunismo.

Segundo tempo

Na etapa complementar, o Grêmio voltou mais ofensivo, ligado no jogo e disposto a definir de vez o confronto. A equipe equatoriana sentiu o cansaço no segundo tempo, com isso deu mais espaços e campo ao tricolor gaúcho que criou muitas oportunidades de gol mas pecou na finalização final.  O Grêmio se planejou e conquistou o objetivo que era chegar a final e agora enfrentará o perigoso time do Lanús. O jogo de ida ocorre no dia 22 em Porto Alegre, e o jogo de volta no dia 29 no Estádio La Fortaleza.

 

Muita comemoração dos jogadores do Grêmio que colocam o Clube pela quarta vez na grande final.
FOTO: Facebook Oficial Grêmio Football Porto-Alegrense.

 

Ilustração em destaque: Conmebol.com

 

Redator da Matéria: Bruno Mattos, de São Paulo

Bruno Mattos

69 posts | 0 comments

Menu Title