Em final brasileira, Ítalo Ferreira bate Medina e vence etapa de Newcastle

Em final brasileira, Ítalo Ferreira bate Medina e vence etapa de Newcastle

1
124
0
sábado, 10 abril 2021
Surf

Nesta sexta-feira (9), Ítalo Ferreira venceu Gabriel Medina no torneio de Newcastle disputado na Austrália. Em 40 minutos, os dois surfistas protagonizaram uma final espetacular com a vitória de Ítalo por 14.94 contra 13.27 de Medina. Com isso, o potiguar assumiu o ranking da WSL, e, dessa forma, passará a vestir a laycra amarela, enquanto que o paulista segue na segunda posição com duas finais e dois vice campeonatos, no Pipe Masters e agora em Newcastle.

FINAL ELETRIZANTE

A bateria inteira foi espetacular a marcada por fortes manobras e uma marca registrada dos brasileiros no Circuito Mundial: os aéreos. Faltando 15 minutos para o fim da bateria, Ítalo acabou acertando dois aéreos de backside, mas que não entraram no somatório de sua nota. Enquanto isso, Medina arriscou três aéreos, que não foram completados.

Anteriormente, Ítalo havia conseguido fazer boas manobras, com boas rasgadas e batidas, fazendo quatro grandes movimentos seguidos. Em contrapartida, Medina executou três movimentos de batidas em sua melhor onda, aproveitando muito o espaço da mesma e atacando com muita pressão o bico e rabeta pelo lip. Ao final, a nota não foi suficiente para bater o surfista potiguar que saiu com o troféu.

BRASILEIROS FAZENDO HISTÓRIA NA COMPETIÇÃO

Mais uma vez os brasileiros foram destaque no Circuito Mundial de Surf. Na bateria com 32 surfistas, Adriano de Souza, o mineirinho, desbancou o francês Jeremy Flores e o australiano Julian Wilson nas oitavas de final. Todavia, Mineiro acabou caindo para Medina nas quartas. Outro que chegou longe foi Filipe Toledo, acabou parando nas semifinais contra Ítalo. Porém, anteriormente, eliminou o também brasileiro Yago Dora nas oitavas e o americano Conner Coffin nas quartas.

Contudo, talvez a grande surpresa da competição tenha sido Deivid Silva. O brasileiro do Guarujá terminou na 5ª colocação pela primeira vez em sua carreira, acabou caindo diante de Ítalo nas quartas. Deivid segue sendo uma das grandes promessas para a temporada.

JOHN JOHN CAI PRECOCEMENTE

O bicampeão mundial havaiano, John John Florence, acabou caindo no Round 3 da competição de Newcastle na Austrália. Dessa forma, perdeu também a liderança no ranking geral da WSL (World Surf League). Que, agora, tem ítalo Ferreira como novo líder. Na disputa, o havaiano perdeu para o australiano Morgan Cibilic, que não estava 100% na competição, já que havia sofrido uma lesão no tornozelo. Mesmo assim, mandou o havaiano pra casa.

PRÓXIMA ETAPA: NARABEEN

O Circuito Mundial segue na Austrália, dessa vez, será disputada em Narabeen. Já na próxima sexta-feira (16). A novidade para a  etapa, será a volta do australiano tricampeão mundial, Mick Fanning para disputa. Mike se aposentou em 2018, mas foi convidado para participar da etapa.

“Quando me aposentei do circuito em 2018 eu não sabia se competiria novamente. No primeiro ano nunca considerei, foi um não. No último ano quase voltei por um wild card, mas não aconteceu. Agora eu me comprometi a Rip Curl Narrabeen Classic e estou animado para voltar à arena. Tem sido um processo divertido me preparar e trabalhar com o Coach Phil novamente e me colocar esse desafio. Aprender técnicas do melhor tem sido ótimo. Estou ansioso pelo desafio de competir com os melhores. Vamos ver o que vai acontecer. Não tenho expectativas, só quero ter um bom desempenho pela minha família”, escreveu Fanning.

Dessa forma, aos 39 anos, Fanning estará de volta na disputa. Em sua carreira, coleciona os títulos de 2007, 2009 e 2013.

Foto Destaque: Reprodução Twitter/Canal Parafina

 

Gabriel Queiroz

Sou natural de São Luis do Maranhão, mas faço faculdade em Brasília. Escolhi o jornalismo única e exclusivamente pelo amor que tenho ao futebol e a tantos outros esportes

8 posts | 0 comments

Comments are closed.