Diego Souza abre placar, Cueva também marca, pede desculpas e São Paulo sai vitorioso contra o Botafogo

Diego Souza abre placar, Cueva também marca, pede desculpas e São Paulo sai vitorioso contra o Botafogo

Like
1421
2
domingo, 04 fevereiro 2018
Futebol Brasileiro

O São Paulo recebeu outro tricolor no Estádio Cícero Pompeu de Toledo, o Morumbi, na tarde deste sábado (3). O Botafogo de Ribeirão Preto foi o adversário da vez e o tricolor da capital paulista saiu vitorioso pelo placar de 2 a 0. A partida foi marcada pela estreia do meia-atacante Nenê, que foi escalado como titular e fez boa apresentação e deixou boa impressão para os são paulinos. Outro detalhe importante foi a entrada de Cueva, no intervalo. O camisa 10 do tricolor marcou e comemorou o gol com um pedido de desculpas aos torcedores após os últimos episódios que envolveram seu nome.

A Rádio Poliesportiva esteve presente no Estádio do Morumbi e levou até você todos os detalhes da vitória do São Paulo sobre o Botafogo. Com a narração de Adriano Almeida, comentários e operação técnica de Gabriel Max e reportagens de Bruno Filandra. Se você perdeu algum detalhe, acompanhe o resumo da partida e ouça as entrevistas realizadas pelo nosso repórter ao fim do jogo.

 

Primeiro tempo

 

A primeira etapa não começou como os torcedores do São Paulo esperavam, pois quem deu as cartas no segundo minuto de jogo foi o Botafogo. Aos dois minutos, após falta cometida pelo estreante Nenê, que foi marcada na intermediária, o meia botafoguense Dodô foi para a cobrança e obrigou Sidão, o goleiro são paulino, a fazer boa defesa, espalmando a bola para o seu lado esquerdo. No rebote, a bola sobrou para Taylor, que encheu o pé e mandou a bola no travessão, preocupando o sistema defensivo e a torcida do tricolor da capital.

O São Paulo, após o primeiro susto, começou a investir nas jogadas pelo lado esquerdo de ataque, com Nenê, que se movimentava bastante e dava qualidade ao passe no meio de campo. Nenê arriscou dois bons cruzamentos, mas Diego Souza e Marcos Guilherme não conseguiram completar ao gol defendido por João Lucas.

Nenê fez sua estreia como titular e deixou boa impressão ao torcedor são paulino. Foto: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net

Aos 25 minutos ocorreu o segundo susto no Morumbi, só que, dessa vez, após bom contra-ataque dos botafoguenses, que terminou com mais uma bola na trave, agora no canto esquerdo baixo do gol de Sidão, após o bom chute feito por Dodô. O camisa 10 do time de Ribeirão Preto infernizava a zaga do time da capital.

Depois da segunda bola na trave do Botafogo, o jogo acabou ficando mais truncado, com os dois times mostrando dificuldade para trabalhar a bola no chão, assim, ambos os times abusaram dos chutões e disputas pelo alto. Somente aos 41 minutos saiu mais uma boa chance e foi pelo lado botafoguense, mas o artilheiro do time, Bruno Moraes desperdiçou a oportunidade de abrir o placar contra os donos da casa.

Com um primeiro tempo tímido, com poucas jogadas de perigo e apresentando um futebol aquém do esperado, a torcida do São Paulo vaiou seu time, ao trilar do apito de Raphael Klaus, para encerrar a primeira metade do jogo.

 

Segundo tempo

 

A etapa complementar de jogo começou com uma surpresa ao torcedor presente no Morumbi, os 13.624 torcedores viram Dorival Júnior sacar Brenner e colocar Cueva para iniciar o segundo tempo. A mudança surtiu efeito e o tricolor da capital passou a ter mais qualidade no passe. Na primeira jogada do peruano, ele conseguiu afastar a marcação próximo ao bico da grande área e rolou para Petros, que bateu por sobre o gol.

Aos cinco minutos o torcedor do São Paulo pôde fazer as pazes com o time e gritar o primeiro gol do jogo e, também, o primeiro tento marcado no ano no Estádio do Morumbi. Nenê inicia a jogada e toca para Reinaldo. O lateral recebe o passe e faz bom cruzamento, que chega ao encontro de Diego Souza, que tem o trabalho de escorar para o gol com o pé direito. O goleirão João Lucas até tentou, mas não conseguiu evitar que o camisa nove abrisse o marcador. No placar do Morumbi, o placar mostrava 1 a 0, para o São Paulo.

Mas o Botafogo não queria se render e, aos 10, Bruno Moraes fez ótima jogada e cruzou, William Oliveira estava atento, no meio da área. O jogador bateu para o gol, mas Sidão salva o São Paulo com uma excelente defesa. Após a jogada de perigo, o tricolor da capital paulista continuava demonstrando fragilidade defensiva e o Botafogo começava a crescer, assim como no primeiro tempo. Aos 22 minutos, Sidão fez mais uma boa intervenção, após cabeceio de Naylhor.

Dois minutos depois o Botafogo subiu ao ataque novamente e Dodô disparou de longe e Sidão bateu roupa, mas a sorte é que Rodrigo Caio estava ligado no lance e pegou o rebote do goleiro são paulino. A torcida do time da casa se mostrava apreensiva, apesar da vitória parcial.

Dodô foi o principal jogador do Botafogo na partida e deu trabalho aos defensores do São Paulo. Foto: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net

Aos poucos o São Paulo foi retomando o controle da posse de bola e voltou a buscar o segundo gol. O time treinado por Dorival Júnior teve escanteio marcado aos 36 minutos e, no cruzamento de Shaylon, que havia acabado de entrar no lugar de Nenê, o volante do Botafogo, Serginho, segurou Edimar (substituto de Reinaldo, que saiu machucado) de maneira acintosa e o juiz Raphael Klaus não teve dúvidas e marcou penalidade máxima para o São Paulo. Na cobrança, Cueva ajeitou a bola e bateu forte no canto direito baixo do goleiro João Lucas, que não teve chances de defesa e, assim, o São Paulo ampliou o marcador para 2 a 0. Na comemoração do gol, Cueva correu em direção a torcida e fez um gesto de desculpas, após toda a polêmica que culminou em seu afastamento na última semana.

Com o placar adverso, o Botafogo sentiu e já conseguia mais chegar com o mesmo perigo e a zaga do São Paulo passou a ter êxito ao tentar neutralizar as investidas do time treinado por Léo Condé. Assim, a partida se encaminhou para o seu final, com a vitória do São Paulo pelo placar de 2 a 0.

 

Próximos jogos

 

O próximo compromisso do São Paulo é, novamente, pelo Campeonato Paulista. Na próxima quarta-feira (7), no mesmo Estádio do Morumbi, às 21h45. O tricolor receberá o Bragantino, em partida válida pela sexta rodada da fase classificatória. Já o Botafogo de Ribeirão Preto, em jogo válido pela mesma rodada enfrentará o Ituano, em sua casa, o Estádio Santa Cruz, no sábado (10), às 16h30.

 

Confira também

Paulista A1 2018: Ouça os gols e entrevistas de São Paulo 2 X 0 Botafogo de Ribeirão Preto
Palmeiras e Santos fazem clássico da rodada e podem estrear novos reforços
Vasco visita Pinheiros e vence em jogão válido pelo Novo Basquete Brasil

 

Foto em destaque: Rubens Chiri/Sãopaulofc.net

 

Redator da matéria: Gabriel Max, de São Paulo

Gabriel Max

Meu nome é Gabriel Max, mineiro de Campo do Meio (sim, está no mapa, pode procurar), mas criado na capital paulista. Jornalista formado desde 2014, pela Universidade Nove de Julho, em São Paulo. Po[...]

193 posts | 0 comments

Menu Title