Dia do Fico para Zé Roberto Guimarães.

Dia do Fico para Zé Roberto Guimarães.

1
912
0
sábado, 24 setembro 2016
Vôlei

José Roberto Guimarães renovou, nessa ultima sexta-feira, seu vinculo com a seleção brasileira de voleibol. Agora o treinador já sonha com a medalha Olímpica nos Jogos de Tóquio 2020. Um novo ciclo é iniciado e as feridas das Olimpíadas do Brasil começam a cicatrizar.

Após a eliminação nos Jogos, a continuidade do treinador ficou em dúvida. Mesmo assim a CBV deixou claro de que gostaria de permanecer com a experiência do treinador no comando das meninas da seleção.

Ele que completa 13 anos no comando da seleção Brasileira, também não se imaginava fora do vôlei brasileiro. O treinador acredita que ainda tem muitas coisas a realizar.

Zé Roberto em entrevista coletiva ao lado de Radamés Lattari. Foto: Divulgação / CBV

– Foi amargo pensar em como a gente perdeu nos jogos. Deu um sentimento de não ter cumprido a missão. Depois de 2008 e 2012 me senti com a missão cumprida. Agora não me sinto. Sinto que tenho coisas a fazer, e o Brasil precisa continuar entre os melhores – disse Zé Roberto.

Agora, o treinador quer foco total na seleção nos próximos quatro anos e tem como um dos objetivos montar um time para atuar na Liga B, porém encontra dificuldades quando se trata de patrocinadores.

– A seleção é o foco principal. Estou tentando montar um time para jogar a Liga B,mas está difícil arrumar patrocínio. Mas seria um grande desejo. Tem jogadoras que estão fora, sem time, para tentar ter o acesso para a Superliga. A CBV nunca fechou a questão de ser técnico de equipe e de clube, então estamos correndo atrás também, disse Zé Roberto.

O treinador ainda falou sobre a transição das atletas e sobre a possibilidade de contar com algumas atletas consagradas.

– Uma transição é sempre difícil. Ainda não estou muito convencido que algumas jogadoras não possam vir a jogar ainda pela seleção. Elas são jovens ainda por idade, são privilegiadas quanto ao físico. A tentativa sempre vai existir. Elas tiveram importantes serviços prestados ao vôlei. Sheilla e Fabiana está há 14 anos. Elas têm bola para continuar jogando, mas sonham com outras coisas, completou.

Avatar

admin

240 posts | 0 comments