Dia de Matchmaker – UFC 256: Figueiredo x Moreno

Dia de Matchmaker – UFC 256: Figueiredo x Moreno

3
83
0
quarta-feira, 16 dezembro 2020
Lutas

O UFC 256 aconteceu no último sábado (12) com um show repleto de promessas se consolidando nas respectivas divisões. Além disso, o main event entre Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno ficará para história como a melhor luta da categoria dos moscas. O brasileiro Charles Oliveira dominou Tony Ferguson e se aproximou do cinturão do peso leve. A seguir, nós iremos incorporar nossos espíritos de Sean Shelby e apresentar os próximos passos para 12 atletas do card no Dia de Matchmaker.

Por: Rafael Fernandez, do Rio de Janeiro

Deiveson Figueiredo x Brandon Moreno

Na luta principal, Deiveson Figueiredo e Brandon Moreno empataram por decisão majoritária. O mexicano surpreendeu a todos com a raça e com a habilidade de absolver todos os golpes do campeão. Além disso, sufocou o brasileiro e o fez cansar na primeira vez que Deiveson lutou cinco rounds. No final das contas, o “Deus da Guerra” até ganhou no somatório dos juízes laterais, mas, como perdeu um ponto por um golpe ilegal, o combate virou empate na cartela de dois árbitros.

Para ambos os lutadores não tem o que falar. O próximo para os dois seriam uma revanche. Não só pelo empate, mas também para vermos como será o combate com ambos com um camp completo. Então, deem um tempo de descanso para os dois e em abril ou maio, eles se enfrentam novamente. Esse duelo precisa de um novo capítulo e nós da Rádio Poliesportiva esperaremos ansiosos pelo sexto round.

Tony Ferguson x Charles Oliveira

Na co-luta principal, Charles Oliveira derrotou Tony Ferguson por decisão unânime. O brasileiro chocou a todos ao dominar completamente o ex-campeão interino da divisão. Charles foi melhor em todas as facetas da luta, mas foi no chão que ele brilhou. Montou com facilidade um ótimo grappler e quase o finalizou no final do primeiro round. Se não fosse o fim do assalto, o combate teria terminado. Além disso, é enorme a probabilidade de Ferguson ter lutado os últimos dois rounds com o braço quebrado.

Do Bronx aumenta sua sequência de vitórias para oito no mesmo tempo que conseguiu o maior triunfo da carreira. Então, agora não resta nada além de uma chance pelo título, por isso seja contra Khabib Nurmagomedov ou contra o vencedor entre Dustin Poirier e Conor McGregor, o cinturão é a próxima parada. Pela primeira vez na carreira, Tony Ferguson perdeu duas lutas seguidas. Talvez seja o declínio de Ferguson, mas no próximo combate gostaríamos de vê-lo enfrentar Dan Hooker.

Mackenzie Dern x Virna Jandiroba

No peso palha, Mackenzie Dern derrotou Virna Jandiroba por decisão unânime. Num combate entre brasileiras, Dern continua a demonstrar sua evolução na trocação e transformou a luta em uma guerra. Virna também foi dura, teve seus momentos e conseguiu ótimas quedas, além de impedir que Mackenzie leve perigo no chão. Entretanto, a filha de Megaton Dias foi mais ativa e conectou os melhores golpes.

Após a primeira derrota da carreira, Dern engatou três vitórias seguidas e tem chances de se tornar uma desafiante ao título em 2021. O próximo passo seria um combate contra Tecia Torres ou Michelle Waterson. Mesmo com a derrota, o nome de Virna ganhou muito mais valor devido a garra que demonstrou. O próximo passo seria um confronto contra Livinha Souza ou Brianna Van Buren.

Kevin Holland x Ronaldo Jacaré

Entre os médios, Kevin Holland nocauteou Ronaldo Jacaré no primeiro round. Kevin Holland continua na sua sequência incrível de 2020 e consolida o seu nome como uma realidade na divisão e como um dos melhores lutadores do ano. Holland surpreendeu o brasileiro por baixo e o machucou com um soco na têmpora. Ao ver que Jacaré sentiu, ele levantou rapidamente e acabou com o combate com mais alguns golpes.

Essa foi a quinta vitória de Holland em 2020 e ele bateu o recorde de mais triunfos num ano. Então, o próximo confronto seria contra Jack Hermansson para o americano entrar no top 10. Para o Jacaré, essa foi a terceira derrota seguida e com 41 anos é um indicativo que o brasileiro está no final da carreira. Como temos o conhecimento de uma barca que o UFC irá demitir no final de ano com 60 lutadores, imaginamos que provavelmente o ex-campeão do Strikeforce estará nela. Então, o seu próximo passo deve ser a aposentadoria ou ir para o Bellator, ONE FC ou Rizin.

Júnior Cigano x Cyril Gane

Entre os pesados, Cyril Gane derrotou Júnior Cigano por nocaute técnico no segundo round. Infelizmente, o ex-campeão Júnior Cigano não suportou os golpes pesados do francês. Cigano até teve bons momentos e trouxe perigo para a principal promessa da divisão dos pesados. Entretanto, o brasileiro sentiu um jab forte no nariz e após uma poderosa cotovelada, o árbitro interrompeu o combate.

Grande vitória do francês que continua invicto na carreira. Para se consolidar no top 10 da categoria, nós pensamos que ele deve enfrentar Augusto Sakai ou Blagoy Ivanov. Enquanto Gane continua invicto, Cigano perdeu pela quarta vez seguida. Assim como Jacaré, Júnior deve fazer parte da barca do final de ano do UFC, por isso o futuro dele deve ser no Bellator ou ONE FC.

Renato Moicano x Rafael Fiziev

Entre os leves, Rafael Fiziev nocauteou Renato Moicano no primeiro round. Num casamento perfeito entre dois lutadores que querem subir o ranking dos leves, Fiziev demonstrou o poder nos golpes e nocauteou o brasileiro no primeiro assalto. Moicano até estava bem na trocação, mas ficou aberto para o adversário aproveitar a oportunidade. Teve uma polêmica em relação a interrupção, no entanto, entendemos que do jeito que o brasileiro caiu, o árbitro teve a decisão correta.

Fiziev conseguiu a terceira vitória seguida, após a derrota na estreia no UFC. O próximo passo seria um confronto contra Francisco Massaranduba ou Thiago Moisés. Infelizmente, Moicano perdeu pela primeira vez na nova divisão e interrompeu o seu momento positivo. Próxima parada seria contra Mateusz Gamrot ou Scott Holtzman.

Próximos Passos

Portanto, esse foi o Dia de Matchmaker para 12 atletas do card do UFC 256. Enfim, o UFC retorna no próximo sábado (19) com o UFC Vegas 17: Thompson x Neal, o último evento do ano.

Foto destaque: Reprodução/MMAFighting.com

Rafael Fernandez

Rafael Fernandez

Meu nome é Rafael Fernandez, tenho 21 anos, curso jornalismo na PUC-RIO e atualmente estou no 7º período. Possuo um blog sobre MMA chamado de Troca de Faixa, além de ser redator do site MMA Brasil[...]

35 posts | 0 comments

Comments are closed.