Dia de Matchmaker – UFC 255: Figueiredo x Perez

Dia de Matchmaker – UFC 255: Figueiredo x Perez

1
171
0
terça-feira, 24 novembro 2020
Lutas

O UFC 255 aconteceu no último sábado (21) com uma boa mescla entre veteranos e promessas. Na luta principal, tivemos mais uma performance de astro do campeão dos moscas, Deiveson Figueiredo. Além disso, Valentina Shevchenko defendeu mais uma vez seu cinturão contra uma dura Jennifer Maia e a lenda Maurício Shogun perdeu para Paul Craig. A seguir nós iremos incorporar nossos espíritos de Sean Shelby e apresentar os próximos passos para 10 atletas do card principal no Dia de Matchmaker.

Por: Rafael Fernandez, do Rio de Janeiro

Deiveson Figueiredo x Alex Perez

Na luta principal, Deiveson Figueiredo finalizou Alex Perez com uma guilhotina no primeiro round. Se nas últimas lutas o brasileiro havia demonstrado poder de nocaute e precisão na trocação, nessa ele mostrou o alto nível de seu jiu-jitsu. Primeiramente, Deiveson contra-atacou lindamente um single leg de Perez com uma tentativa de chave de calcanhar. Após o americano escapar e ficar por cima, o brasileiro virou rapidamente e ao mesmo tempo desse giro encaixou uma guilhotina mortal.

Outra performance incrível do brasileiro, que mostra estar pronto para dominar a divisão por muitos anos. Após a luta, ele desafiou Brandon Moreno que havia vencido no mais cedo na noite. Então o pedido foi atendido e Deiveson defenderá o cinturão contra o mexicano no UFC 256, em dezembro. Para Perez, ele foi pego por um atleta melhor, não cometeu nenhum erro e até parecia melhor naquele momento da luta. O próximo passo seria um confronto contra Brandon Royval.

Valentina Shevchenko x Jennifer Maia

Na co-luta principal, Valentina Shevchenko derrotou Jennifer Maia por decisão unânime. A brasileira teve uma atuação digna e surpreendeu em algumas partes, conseguiu até ganhar um round o que deixou perplexo quem esperava um massacre. Entretanto, Jennifer não encontrou resposta para o jogo de contragolpe e para as quedas precisas da campeã. Por mais dominante que tenha sido a performance, serviu para mostrar que a Valentina também é humana.

Valentina esvazia a categoria a cada luta e cada vez menos desafiantes estão disponíveis. Sua próxima defesa deve ser contra Jéssica Andrade ou Lauren Murphy. Mesmo com a derrota, Jennifer aumentou o seu nível. Então em sua próxima luta deve enfrentar Cynthia Calvillo ou Jessica Eye.

Mike Perry vs Tim Means

Á propósito, entre os meios-médios, Tim Means derrotou Mike Perry por decisão unânime. Perry chegou para a luta fora de ritmo e não bateu o peso, mas chegou a surpreender no primeiro round ao derrubar Means e pegar as costas. No entanto, Perry já estava exausto no segundo round e virou um alvo fácil para o experiente adversário. Means dominou o resto da luta, mesmo com bons golpes conectados por Perry.

O veterano Means vence a segunda seguida e ambas as vitórias foram contra adversários que não bateram o peso. Portanto, ele deve enfrentar alguém mais profissional no próximo combate então pensamos num confronto contra o vencedor de Carlos Condit e Matt Brown. Enquanto Perry precisa reavaliar suas prioridades. Desde a confirmação do combate, ele mostrava não levar a sério. Um bom próximo passo seria uma luta contra Alex Cowboy.

Katlyn Chookagian x Cynthia Calvillo

Na outra luta feminina do card principal, Katlyn Chookagian derrotou Cynthia Calvillo por decisão unânime. A ex-desafiante dominou o combate com a sua maior envergadura e com o striking mais apurado. Calvillo até tentou encurtar a distância e chegou a acertar bons golpes, mas nunca conseguiu dar sequência aos bons momentos.

Chookagian continua a ser a guardiã da divisão. Após perder facilmente para Shevchenko, ela é o último teste para ver se alguém está pronta para enfrentar a campeã. Então, seu próximo passo seria um confronto contra a vencedora de Roxanne Modafferi e Viviane Araújo. Enquanto Calvillo, terá que se adaptar ao tamanho das oponentes na nova divisão. Pensamos que ela deve enfrentar a vencedora entre Alexa Grasso e Maycee Barber.

Maurício Shogun x Paul Craig

Finalmente, entre os meios-pesados, Paul Craig derrotou Maurício Shogun por nocaute técnico no segundo round. Infelizmente, Shogun não foi páreo para o escocês. Numa revanche do empate que tiveram ano passado, o brasileiro pareceu sempre estar atrás e não lembrava nem um pouco as antigas performances em sua carreira. Aliás, o ex-campeão afirmou que uma lesão no cotovelo o atrapalhou durante o combate. Lesão ou não, Shogun não teve resposta aos ataques de Craig, foi dominado no chão e perdeu após o árbitro interromper o ground & pound do escocês.

Ademais, Craig continua sem perder um combate desde junho de 2019 e se consolida no top 15 da divisão. Assim, um interessante próximo passo seria um confronto contra Ed Herman ou Shamil Gamzatov. Por outro lado, enquanto Shogun, nós pensamos que o melhor seria pendurar as luvas. Infelizmente, ele não está apto a lutar em alto nível mais então o próximo passo seria a aposentadoria.

https://www.youtube.com/watch?v=dSFOlRRVyIs

Próximos Passos

Em suma, esse foi o Dia de Matchmaker para 10 atletas do card principal do UFC 255. Enfim, o UFC retorna no próximo sábado com o UFC Vegas 15: Blaydes x Lewis.

Foto destaque: Reprodução/GloboEsporte.com

Rafael Fernandez

Rafael Fernandez

Meu nome é Rafael Fernandez, tenho 21 anos, curso jornalismo na PUC-RIO e atualmente estou no 7º período. Possuo um blog sobre MMA chamado de Troca de Faixa, além de ser redator do site MMA Brasil[...]

35 posts | 0 comments

Comments are closed.