Dia de Matchmaker – UFC 253: Adesanya x Costa

Dia de Matchmaker – UFC 253: Adesanya x Costa

Like
162
0
terça-feira, 29 setembro 2020
Lutas

O UFC 253 aconteceu no último sábado (26) com o retorno à Ilha da Luta e duas disputas de cinturão no evento. Na luta principal, o brasileiro Paulo Borrachinha enfrentou o campeão Israel Adesanya pelo cinturão dos médios, enquanto Dominick Reyes e Jan Blachowicz definiam uma nova era nos meios-pesados pós-Jones. Isso somado a outros combates divertidíssimos que ocorreram na noite. A seguir, nós iremos incorporar nossos espíritos de Sean Shelby e apresentar os próximos passos para oito atletas do card principal no Dia de Matchmaker.

Por: Rafael Fernandez, do Rio de Janeiro

Israel Adesanya x Paulo Costa

Na luta principal, Israel Adesanya derrotou Paulo Costa por nocaute técnico no segundo round. Infelizmente, o brasileiro não conseguiu ter nenhum momento de sucesso no combate, não conseguiu implementar seu estilo de pressão e boxe. Isso se deve graças a bela estratégia de Adesanya que atacou as pernas de Borrachinha e diminuiu bastante sua mobilidade, então no segundo round ele conseguiu soltar mais golpes contra um adversário quase imóvel e conseguiu o nocaute técnico no final do assalto.

Provavelmente a performance mais impressionante de Adesanya no UFC, principalmente pela estratégia e pela técnica. Sua próxima defesa de título deve ser contra o vencedor de Robert Whittaker e Jared Cannonier. Para Borrachinha, ele precisará ter uma performance bem impressionante para botar para trás a noite de sábado. Então seu próximo passo seria um confronto contra quem perder entre Jack Hermansson e Darren Till.

Dominick Reyes x Jan Blachowicz

Na era pós-Jones, Jan Blachowicz derrotou Dominick Reyes por nocaute técnico no segundo round e se tornou o novo campeão dos meios-pesados. Blachowicz foi superior durante o combate inteiro, com chutes fortíssimos no corpo de Reyes e contragolpes precisos. Eventualmente, o polonês acertou um cruzado de esquerda que derrubou o americano e fez o árbitro interrompeu a peleja.

Sem Jon Jones na categoria, o novo campeão terá um grande número de desafiantes. Então, o primeiro deve ser o vencedor do confronto entre Thiago Marreta e Glover Teixeira. Já Reyes não conseguiu demonstrar  o mesmo nível de performance como na luta contra Jones. Uma boa luta para ele se recuperar seria Anthony Smith.

Kai Kara-France x Brandon Royval

Na luta mais movimentada da noite, Brandon Royval derrotou Kai Kara-France por finalização no segundo round. Após um ano em que a divisão dos moscas quase foi extinta, a cada combate demonstram como o UFC acertou nessa decisão. Kara-France e Royval providenciaram uma guerra, com ambos derrubados no primeiro round. No segundo assalto, o americano encaixou uma guilhotina e finalizou o neozelandês. Assim, tomara que a organização dê mais atenção para a categoria, invés de esvaziá-la.

Brandon Royval impressiona mais uma vez com suas finalizações e ainda mostrou seu poder de recuperação. Para ele, o próximo passo é um confronto contra Jussier Formiga. Para Kara-France, ainda o falta mais tranquilidade ao lutar porque ele tinha Royval machucado mas foi com muita sede ao pote e levou um knockdown. O futuro dele pensamos que seria uma peleja com Matt Schnell.

Ketlen Vieira x Sijara Eubanks

Primeiramente, na única luta feminina da noite, a brasileira Ketlen Vieira derrotou Sijara Eubanks por decisão unânime. Ketlen misturou bem a trocação com quedas e impressionou em seu primeiro combate no ano. Principalmente, controlou a distância e quando quedou, dominou a americana por cima.

Ademais, uma boa vitória da brasileira depois da primeira derrota da carreira. Então, seu próximo passo seria um confronto contra Raquel Pennington. Para Eubanks, ela até teve uma boa performance, mas não teve resposta para as quedas e golpes em longa de distância de Ketlen. Por fim, pensamos num combate contra Julia Avila para a americana.

Próximos Passos

Em suma, esse foi o Dia de Matchmaker para oito atletas do card principal do UFC 253. Enfim, o UFC retorna no próximo sábado (3) com o UFC Fight Island 4: Holm x Aldana.

Foto destaque: Reprodução/MMAFighting.com

Rafael Fernandez

Rafael Fernandez

Meu nome é Rafael Fernandez, tenho 21 anos, curso jornalismo na PUC-RIO e atualmente estou no 7º período. Possuo um blog sobre MMA chamado de Troca de Faixa, além de ser redator do site MMA Brasil[...]

23 posts | 0 comments

Comments are closed.