Debaixo de chuva, Santos quebra o tabu e vence o Palmeiras na nova arena

Debaixo de chuva, Santos quebra o tabu e vence o Palmeiras na nova arena

Like
1189
0
domingo, 01 outubro 2017
Brasileirão Série A

Depois da inauguração do novo estádio do Palmeiras, o Santos não sabia o que era vencer o rival quando o visitava. Na noite do último dia de setembro, porém, a escrita foi outra. Pela 26º rodada da competição o alvinegro praiano soube se postar contra o time da casa e de forma pragmática e eficiente conquistou os três pontos ainda correndo atrás do líder Corinthians, para quem sabe ainda esquentar a disputa pelo título de 2017 do Campeonato Brasileiro.

 

Primeiro tempo

Antes da partida começar, a chuva castigou o gramado e os torcedores presentes no Allianz Parque, que presenciaram até um apagão a cerca de dez minutos do jogo. Com tudo resolvido a partida começou, e as duas equipes começaram marcando forte e cometendo faltas. O Santos teve a primeira oportunidade com Copete, e o Palmeiras com Jean em finalizações quase em sequência das duas equipes.

No decorrer do primeiro tempo quem tomava mais as iniciativas para o time da casa era Moisés, sem muita efetividade. A bem da verdade, é que o Palmeiras tomava toda a iniciativa da partida enquanto o Santos inteligentemente se defendia e esperava o adversário para sair no contra ataque. Aproveitando-se da velocidade de seus atacantes, o Santos tentava dessa forma ameaçar o gol verde.

Foi assim que o Santos conseguiu ser mais perigoso que o Palmeiras, criando a chance mais perigosa da primeira etapa com Ricardo Oliveira, exigindo boa defesa de seu algoz Fernando Prass. No mais, a primeira etapa não viu gols e os times foram zerados para o intervalo.

Foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras/Divulgação

 

Segundo tempo

Para a segunda etapa, Cuca quis mudar sua equipe e sacou Zé Roberto que sofria com os ataques do Santos pelo lado direito para colocar Thiago Santos, deslocando Tchê Tchê para a defesa. O Palmeiras novamente tomava a iniciativa e vinha para o ataque buscando seu gol. Mas o dia não era bom para Moisés, Deyverson, Dudu ou qualquer um que tentava oferecer perigo ao time santista. Cuca então tirou Jean e colocou Guerra para tentar mudar a ofensiva de seu time.

De tanto desperdiçar na frente, o Palmeiras sofreu o baque na defesa. O Palmeiras foi superior na segunda etapa, mas os jogadores da frente simplesmente não aproveitavam as oportunidades que tinham. Como o time da casa não aproveitou toda a superioridade que tinha, o Santos rapidamente em roubada de bola de Jean Mota foi ao ataque com Bruno Henrique que recebeu pela esquerda e só teve o trabalho de cruzar para Ricardo Oliveira, que de cabeça subiu para marcar.

Aproveitando sua chance, diferente do Palmeiras no decorrer da partida, o Santos só teve o trabalho de controlar a vantagem até o final. Com um campo pouco favorável para jogo pelo chão, Cuca ainda colocou Borja que pouco pode fazer no lugar de Willian. Levir Culpi também gastou tempo e trocou primeiro Serginho por Jean Mota e depois Kayke no posto de Ricardo Oliveira.  E foi só, Palmeiras 0, Santos 1.

 

Sequência

O ‘pacto’ do Palmeiras teve seu primeiro golpe e o tão sonhado bicampeonato ficou ainda mais difícil do que já estava. O Palmeiras segue a 11 pontos do líder Corinthians, podendo ver essa diferença aumentar para 14 pontos no domingo. Já o Santos respira fundo e vai pra cima do time de Itaquera ainda sonhando com o título. O alviverde tem neste momento 43 pontos na quarta posição, enquanto o time da vila subiu para 47 na vice liderança.

Na 27º rodada os rivais paulistas enfrentam times ameaçados. O Palmeiras recebe o Bahia em jogo calendarizado para o Pacaembu na quinta que vem. No mesmo dia o Santos vai a Campinas visitar a Ponte Preta. Faltando 12 rodadas, o Campeonato Brasileiro ainda tem muita lenha pra queimar e muita coisa ainda deve acontecer na tabela.

 

Foto: Fabio Menotti/Agência Palmeiras/Divulgação

Entrevista com Matheus Jesus:

Reportagem: Yan Arvani.

 

Foto de capa: Ivan Storti/Santos FC

Redator da matéria: Danilo Dias, de São Paulo.

Danilo Dias

Danilo Dias

Danilo Dias é formado em Tecnologia em Futebol, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte e atualmente é estudante de Direito. Apaixonado por futebol, aficionado por automobilismo[...]

76 posts | 0 comments