De Chapecó ao Barcelona! Ferrão, o melhor jogador do mundo

De Chapecó ao Barcelona! Ferrão, o melhor jogador do mundo

1
126
0
terça-feira, 03 novembro 2020
Colunas

O Brasil sempre teve tradição no futsal. Não à toa, o país empilha taças no esporte. Contudo, o portal Futsal Planet realiza votação para apontar os melhores jogadores do futsal do ano anterior. Sendo assim, entre eles, o grande destaque foi para Carlos Vagner Gularte Filho, o Ferrão, eleito o melhor do mundo.

Por Thiago Lopes, Caieiras-SP

Ferrão dividiu o top-3 da modalidade com Adolfo, seu companheiro de Barcelona, e o ítalo-brasileiro Alex Merkim, que defende o Sporting, de Portugal. Com isso, o jogador brasileiro levou seu nome de Chapecó, onde nasceu, para o mundo. E foi com ampla vantagem, com 958 votos contra 636 de Adolfo, e 360 de Alex.

O Barcelona, por sinal, também foi reconhecido como Melhor Clube do mundo no futsal. Além disso, o técnico Andreu Plaza foi reconhecido como melhor na categoria e o goleiro Juanjo Angosto eleito segundo melhor goleiro, atrás do brasileiro Leo Higuita, do AFC Kairat, do Cazaquistão.

Ferrão atua pelo clube catalão desde 2014. Entretanto, estar entre os melhores não é novidade para o brasileiro que foi eleito o melhor pivô do Campeonato Espanhol na temporada 2017/18. No último ano, o camisa 11 foi o grande nome do Barça com 63 gols em 60 jogos. Assim, comandando o time nas conquistas do Campeonato Espanhol, Copa da Espanha e Copa do Rey. Ou seja, um time dominante no país.

Além de ter sido o artilheiro da Liga Nacional com 38 gols, quebrando a hegemonia do Inter Movistar, que busca o sexto título consecutivo. Aliás, vale ressaltar que o Barcelona não conquista a competição desde a temporada 2012/13.

“De cinco títulos oficiais disputados em 2019, ganhamos quatro. E quando o coletivo vai bem, o individual sai recompensado”.

Falcão e Ferrão, melhores do mundo futsal

Falcão parabenizando Ferrão pelo prêmio de melhor do mundo.

Projeção para o futuro

Agora Ferrão tem como objetivo outras duas grandes conquistas coletivas. Uma delas é a Champions League de futsal, afinal, é o único título que lhe resta com a camisa do time espanhol. Por fim, outro grande desejo do pivô é vence uma Copa do Mundo pela Seleção Brasileira.

 “Seria o ápice na minha carreia de um jogador de futsal. São os dois melhores campeonatos que se pode vencer”.

De certa forma, a paralisação no futsal foi positiva para Ferrão. Inclusive, o próprio jogador também pensa dessa forma. Na entrevista concedida ao Podcast Toca & Sai, apresentado por Daniel Pereira, do SporTV, o brasileiro sinalizou positivamente para o adiamento da Copa do Mundo, que seria realizada em 2020.

Isso porque no início do último mês de dezembro, o brasileiro passou por cirurgia no tendão de aquiles da perna esquerda. Dessa maneira, dificilmente estaria bem fisicamente para atuar na Copa com a Seleção Brasileira. Portanto, já em 2021 o melhor jogador do mundo, certamente, estará apto para jogar com a amarelinha.

O início do jovem Ferrão

Ferrãozinho, como é chamado pelos familiares, é filho do ex-atacante da Chapecoense Ferrão, que vestiu a camisa do Verdão em 1987, 88 e 90. Por outro lado, o jogador do Barcelona defendeu a Chape nas categorias de base. Enquanto no profissional jogou no Joinville e Atlântico – no Brasil -, depois passou três anos no MFK Tyumen, da Rússia, onde atuou até partir para a Espanha.

Com a camisa do Barcelona já são mais de 220 gols em 261 jogos.

Foto destaque: Divulgação/Barcelona

Thiago Lopes

Thiago Lopes

Thiago Lopes, 20 anos. Estudante de jornalismo - 6º semestre.

33 posts | 0 comments

Comments are closed.