David Pelosini, técnico da equipe Sub-21 do Pinheiros, comenta sobre trabalho da base no clube

David Pelosini, técnico da equipe Sub-21 do Pinheiros, comenta sobre trabalho da base no clube

Like
262
0
quinta-feira, 25 junho 2020
Basquete

Após o anúncio da rescisão de contrato de todos os atletas profissionais do Pinheiros, tem uma expectativa de como o time montará seu elenco para a próxima temporada. A saber, os paulistas tem um dos melhores trabalhos de desenvolvimento de base no basquete brasileiro. Em entrevista exclusiva para a Rádio Poliesportiva, David Pelosini, técnico da equipe B do Ginásio Henrique Villaboim, comentou sobre o trabalho com jovens no esporte no Brasil e respectivamente, em seu time.

Por Caíque Ribeiro, São Paulo-SP

TRABALHO DE JOVENS JOGADORES NO BRASIL

Quando questionado sobre o desempenho de jovens atletas no NBB e sobre o desenvolvimento do basquete no país, David Pelosini ressaltou a importância da LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete). Entretanto, o técnico também confirmou que o trabalho precisa ser ampliado. Dessa forma, em sua opinião, tanto com as federações criando ligas, como incentivando a prática do esporte nas escolas e também. Além disso, comentou que a estrutura deve ser melhorada. Ainda, falou um pouco sobre as dificuldades do basquete feminino.

“A LDB é uma competição excelente e tem ajudado muito no aspecto competitivo dos jovens talentos no país. Sabemos que o ato de competir é vital nesse processo. Sabemos que muitos atletas hoje passaram pela LDB e outros tantos estão surgindo. Acredito que a base precise de mais competições e intercâmbios para podermos renovar com qualidade nosso basquete profissional. Pensando de forma macro, alguns estados tem campeonato oficial das federações já outros não tem ou não tem todas as categorias, e com essa escassez acabamos não extraindo a qualidade que poderíamos atingir. Ao meu ver, com organização e investimento em polos que hoje estão “adormecidos”, ajudaria muito para avançarmos em qualidade, tanto no masculino quanto no feminino”, comentou o treinador.

“Atualmente, o basquete feminino de base vive um momento extremamente difícil em quantidade de participantes. Massificar, urgentemente, e focar em mais ações de mini basquete e basquete escolar no país faz se necessário”, completou.

TRABALHO DE TÉCNICOS E COMPARAÇÃO COM OUTROS PAÍSES

Além disso, David  afirmou que comparado a outros países, o Brasil começou tarde esse processo de desenvolvimento. Mas ressaltou que o trabalho dos treinadores são positivos, e a luta para o esporte se desenvolver no país.

“Começamos a praticar basquete de forma regular muito tarde em relação a outras potências mundiais. Na minha opinião, os trabalhos realizados hoje pelos treinadores são ótimos e caminhamos a largos passos para melhorar a cada dia. Mas esporte de alto rendimento necessita de investimento em estrutura e pensando em Brasil ainda não estamos perto de atingir o ideal nesse sentido. Mas a luta continua sempre. Coaches nacionais são guerreiros que não deixarão o esporte definhar. De forma alguma”, afirmou.

Foto: Divulgação/LNB

TRABALHO DE BASE DE DAVID PELOSINI NO PINHEIROS

Desde 2013 trabalhando na equipe do Pinheiros, David Pelosini foi técnico da equipe de desenvolvimento que conquistou o bicampeonato da LDB em 2018 e 2019. Ainda, foi escolhido para dirigir o time B no Campeonato Brasileiro de Basquete em 2020. Dessa forma, o treinador comentou mais sobre o trabalho de base do clube, que como citado, é um dos melhores do país. Além disso, o técnico ressaltou outros títulos dos jovens do Jardins.

“Atualmente, o Pinheiros é o único tricampeão de LDB já citada, além de obter resultados expressivos no Campeonato Brasileiro Interclubes – CBI – e na Federação Paulista de Basquete -FPB. Mas além disso, sabemos que esses títulos são consequências de muito trabalho coletivo. Nossa supervisora Thelma Tavernari comanda com maestria um corpo técnico de escolinha Sub-22”, ressaltou Pelosini.

“Além disso, nossa união além do prazer em trabalhar no clube mais olímpico do país motiva e o resultado vai além das competições. Em um estudo recente mais de 20 jogadores que tiveram passagem pelo ECP, nos últimos anos, estão atuando no NBB. Fora outras ligas de maior e menor expressão. Esse é o verdadeiro resultado. Alimentar nosso time e o mercado de jogadores com qualidade e educação ímpar nos orgulha muito. Como citei, acredito que a estrutura fornecida pelo clube para ajudar a desenvolver esses garotos”, disse o técnico.

FUTURO DO PINHEIROS

A saber, a equipe B do Pinheiros disputará o CBB (Campeonato Brasileiro de Basquete). Dessa forma, David Pelosini ressaltou o momento que a base pinheirista viveu no ano passado, acumulando títulos. Além disso, comentou que a pandemia atrapalhou demais o desenvolvimento desses atletas jovens. Sobre disputa de outras competições como Campeonato Paulista Adulto, NBB e Liga Sul-Americana, o treinador afirmou que ainda não tem uma situação definida, por causa da indefinição de como e se irão acontecer esses torneios.

“Nossos atletas Sub-22 estavam antes da pandemia vivendo um momento muito peculiar. Só ano passado esse time venceu Estadual Sub-19, a LDB Sub-20 e o CBI Sub-21. As três competições possíveis, com atletas de destaque que já tem total condições de compor uma equipe adulta como, Lucas Cauê, Danilo Sena, Jonas Buffat, João Marcelo (Mãozinha) Daniel Aleixo, Gabi Campos, entre outros. Além disso, sabemos que os resultados em quadra nos credenciam nesse esporte. Assim, a diretoria resolveu investir na Equipe adulta B, molde esse que times grandes de expressão mundial já adotam a algum tempo. Jogar o Brasileirão seria o ideal para eles e assim eram nossos planos até que o COVID-19 parou o mundo para ser otimista”, disse David.

“Sabemos o que estamos vivendo e hoje qualquer especulação a partir daqui seria mera especulação. O ECP tem planos futuros, irá jogar competições adultas lançando esses jovens que conquistaram com muito trabalho esse espaço e muito orgulho expressão em ser Pinheirenses.  Mas somente depois de sabermos com alguma definição como essas competições irão acontecer poderemos afirmar como iremos exatamente jogar. Mas o ECP é grande demais, tem sua história na base e no principal e iremos fazer de tudo para representar bem nosso amado clube”, completou.

David Pelosini

Foto: Divulgação/LNB

Foto destaque: Divulgação/LNB

Caíque Ribeiro

Caíque Ribeiro

Olá, sou o Caíque e tenho 20 anos e uma paixão imensa por esportes. Resolvi me tornar jornalista esportivo por esse amor e ter um compromisso de trazer a informação mais próxima de você leitor.[...]

123 posts | 0 comments

Comments are closed.