Daniel, sobre o título da Copa América: “Não acreditavam no nosso sucesso”, em exclusiva

Daniel, sobre o título da Copa América: “Não acreditavam no nosso sucesso”, em exclusiva

2
252
0
quinta-feira, 25 junho 2020
Futsal

Esta é a terceira e última parte da entrevista exclusiva com o fixo Daniel Ferreira, do Corinthians. O jogador do timão falou sobre sua ida para a seleção, títulos com a amarelinha, sua primeira convocação ainda quando era jogador do Assoeva. Ademais, o atleta fala sobre o crescimento do futsal no Brasil.

Por Daniel Soares, Osasco-SP

DANIEL NA DESPEDIDA DE FALCÃO

Em sua estreia, Daniel Ferreira chegou e o maior jogador de futsal de todos os tempos se aposentou das quadras com a Amarelinha, o fixo falou sobre essa experiência.

“Minha chegada na Seleção Brasileira foi um momento feliz e triste ao mesmo tempo, minha estreia foi no Rio de Janeiro, contra a Colômbia em um amistoso. E também marcou a primeira despedida do Falcão, graças a Deus ele teve mais jogos pela frente, que se tornaram outras despedidas”.

 

A Copa América é o principal torneio do continente, dessa forma, é disputada desde 1992. A primeira edição foi feita no Brasil, e consagrou nossa seleção com o título. Até hoje foram 12 edições, e 10 vezes saímos com o titulo.

Em 2017, foi apenas o segundo campeonato que ocorreu na Argentina, os atuais campeões. Além de erguer o troféu da Copa América, nossos hermanos eram os atuais vencedores da Copa do mundo de2016, ou seja, os favoritos para a competição em seu retrospectivo país.

O Brasil chegou ao torneio com apenas jogadores que atuam no território brasileiro, dessa maneira, com muita ambição, é o que nos diz Daniel

“Logo após o jogo contra a Colômbia, tínhamos a Copa América, na Argentina. No mundial, infelizmente perdemos para o Irã, nas quartas de final. Então sabíamos que seria um torneio difícil, com diversas seleções fortes como, Argentina, Paraguai, Venezuela entre outras. Fomos apenas com atletas aqui do Brasil, a expectativa era enorme para nós. Porém, a maioria não acreditava no nosso sucesso”.

 

MOSTRA SUA FORÇA BRASIL!

O Brasil, fechou a primeira fase sem perder, sendo assim, com três vitórias e um empate. Argentina, Chile, Bolívia e Venezuela eram os adversários da nossa seleção. Nesta edição do torneio. também marcou o primeiro gol de Daniel com a Amarelinha.

Chegando a final do torneio, nada melhor do que disputar contra a Argentina, o maior clássico das Américas, dessa maneira, a desacreditada Seleção Brasileira chega para disputar o título contra seu maior Rival.

“A gente foi lá, jogamos bem, o que foi de grande felicidade para nós ganhar a Copa América. Meu primeiro título pela seleção, meu primeiro gol foi lá.  Depois tive a alegria de ganhar duas Sul Americana Zona Norte, uma na Colômbia e outra aqui no Brasil”, palavras de Daniel, campeão da Copa América 2017 com o Brasil.

MARKETING FRED FUTSAL

Para Daniel Ferreira, o Brasil fica atrás de outros países em estrutura, pelo fato da moeda brasileira não ter o mesmo valor que em outros lugares, dessa forma, não podemos competir com isso. Mas, em relação a habilidade, jogadores e potencial, nosso país nunca irá ficar para trás, e sempre será o lugar que mais irá desenvolver jogadores no mundo.

Nesta exclusiva, Daniel falou sobre o crescimento do futsal no Brasil. Dessa forma, comentou a iniciativa do Fred, do Desimpedidos, que fez uma série para o Youtube “Vai pra cima, Fred”. O youtuber, que sempre teve o sonho de se tornar jogador profissional, fez uma pré temporada com a equipe do Magnus Sorocaba, dessa maneira, vivendo uma vida de atleta, e tendo a rotina de um jogador. Fred é um Influenciador digital, com isso, o alcance da série foi muito grande, dessa forma, o futsal foi algo novo para muitos jovens e adolescentes, que com certeza irão começar a acompanhar o esporte. Daniel nos falou o que pensa sobre.

“Acompanho o Fred, conheço o trabalho dele, acho valido e importante também. Qualquer coisa que venha nos agregar, está valendo. Foi uma ótima jogada do Magnus deu mais visibilidade para o futsal e para o time. Ajuda não só o Magnus, mas, a gente também, nosso patrocinador Master são eles. Isso é sempre bem precioso para o nosso esporte”.

Foto destaque: Reprodução/ Instagram Daniel Ferreira

Daniel Soares

Daniel Soares

Daniel Soares, 20 anos, cursando jornalismo. Apaixonado por esportes, aos 16 anos viu que o jornalismo esportivo seria uma forma de estar no ramo. Tendo o estádio como segunda casa, tem a ambição d[...]

7 posts | 0 comments

Comments are closed.