“Consegui finalizar uma das lutas em 37 segundos” – Conheça Giovanni Carvalho, o mineiro que vem se destacando no universo do Jiu-Jitsu

“Consegui finalizar uma das lutas em 37 segundos” – Conheça Giovanni Carvalho, o mineiro que vem se destacando no universo do Jiu-Jitsu

14
2555
0
segunda-feira, 28 dezembro 2020
Jiu-Jitsu

Natural de São João del-Rei (MG). Giovanni Marcelo da Silva Carvalho de 26 anos, já é uma realidade no universo do Jiu-Jitsu. Sendo treinado por nomes notórios não só da arte suave mas também do MMA como: Roan “Jucao” Carneiro – Treinador do atual campeão meio-médio do Bellator, Douglas Lima – Além do renomado mestre Fábio Novaesque já foi eleito o melhor treinador do ano pela NAGA em 2009. Giovanni vem ganhando destaque não só no cenário nacional, mas no norte-americano também. O talentoso e jovem mineiro almeja voos altos em sua carreira no tatame. Projetando assim melhorar como pessoa dia após dia, tanto no Jiu-Jitsu quanto na vida. Conheça mais sobre o talentoso atleta brasileiro na matéria logo abaixo:

Por: Weslley Lemos, do Rio Grande do Sul

GIOVANNI CARVALHO

Antes de mais nada, Giovanni Carvalho começou na arte suave aos 18 anos. Em um projeto social na academia da Bauer Team, a pedido de amigos. Com isso, logo se identificou com a modalidade e foi se apaixonando a cada dia pelo Jiu-Jitsu. Também se consagrou duas vezes campeão seguido pela Federação Mineira de Jiu-Jitsu (FMJJ), em 2011 e 2012. Posteriormente, conquistou cinturões no aclamado NAGA (North American Grappling Association). – Considerada a maior organização de grappling do mundo – Além do mais, quando está em Atlanta-GA, Giovanni treina sob a tutela do famigerado Roan “Jucao” Carneiro. Bem como quando está residindo na Florida, EUA, o mineiro é ensinado e auxiliado pelo mestre Fábio NovaesVeja abaixo todos os detalhes da entrevista exclusiva:

ENTREVISTA – GIOVANNI CARVALHO

Rádio Poliesportiva: Primeiramente, nos conte mais sobre o início de sua trajetória na arte suave. Quando e como começou no Jiu-Jitsu? E por que decidiu seguir na modalidade?

Giovanni Carvalho: Eu comecei a praticar o jiu-jitsu em 2011, em um projeto social de academia da Bauer Team. Meus amigos me chamaram e eu logo me identifiquei com essa luta. Eu continuei treinando no projeto e acabei gostando cada dia mais. E por isso decidi continuar, fui aos poucos me apaixonando pelo jiu-jitsu cada dia mais.”

RP: Você foi duas vezes campeão mineiro de Jiu-Jitsu. Um feito notável. Então, como foram essas experiências? E como foi a sensação de cada uma dessas conquistas? 

Giovanni Carvalho: – Cada campeonato é importante. A sensação da vitória é muito boa. Mas mais importante são todas as pessoas que te ajudam a melhorar e estão ao seu lado no dia a dia. Sendo assim, com treinos e apoiando diariamente, isso é mais importante que a própria vitória e qualquer título.”

RP: Ademais, você também conquistou cinturões no NAGA (North American Grappling Association). Que é considerada a maior organização de grappling do mundo. Como foi a experiência em um evento tão notório como o NAGA? E como você se sentiu após essas conquistas?

Giovanni Carvalho:– Nesse sentido, eu me senti muito feliz. Ao todo, foram cinco lutas em um dia… Consegui finalizar uma das lutas em 37 segundos! Impus meu jogo na luta. Sendo assim, tudo o que havia treinado (eu) consegui realizar.”

EXPERIÊNCIAS COM MESTRES DE RENOME

Rádio Poliesportiva: Você treina com o conhecido mestre Roan “Jucão” Carneiro, certo? Como é treinar com o Roan Carneiro? E como você define a importância não só do mestre, mas da academia como um todo em sua trajetória profissional e também em sua vida?

Giovanni Carvalho: – Em outras palavras, eu tenho muita sorte! Tenho dois treinadores muito feras. O Jucao, também treinador de grandes nomes do MMA como Douglas Lima, tenho o privilégio de ser corrigido e treinado por ele quando estou em treinamento em Atlanta-GA, e também, quando estou na Flórida, sou treinado pelo mestre Fábio Novaes, que também já foi eleito o melhor coach do ano pela própria NAGA em 2009. Eu estou rodeado de parceiros de treino com alto nível no jiu jitsu, o que está me ajudando muito a treinar pesado, como estou tendo a oportunidade de treinar com a galera que também é especializada no jiu jitsu. E alguns atletas de MMA com mais variações, estou tendo uma visão de golpes, tempo de entrada dos movimentos diferentes e isso vem me abrindo um leque muito grande de variações, estou confiante para os próximos campeonatos!

PRÓXIMOS PASSOS

Rádio Poliesportiva: Quais são os seus próximos objetivos em sua carreira? E por fim, pretende em algum momento ingressar no MMA ou em alguma outra modalidade?

Giovanni Carvalho: Eu tenho um objetivo de cada dia ser uma pessoa melhor no jiu-jitsu e na vida. Poder ajudar as pessoas e poder retribuir tudo que o esporte me deu, como atleta dar o meu melhor em cada treino, cada luta.  Ainda não tenho planos para lutar MMA nesse momento, mas talvez no futuro… Tudo é uma questão de tempo também. Não quero lutar se não estiver preparado para isso. Se eu decidir lutar MMA, irei trabalhar todos os aspectos que envolvem o esporte. Mas acho que (eu) iria bem, pois tenho ótimos coachs ao meu lado.”

EM SUMA…

Bem, amantes das artes marciais. Tudo indica que Giovanni Carvalho terá um futuro muito próspero e de  sucesso na arte suave. Em outras palavras, a certeza que temos é de que o mineiro representará de forma notória a bandeira brasileira em campeonatos lá fora (do país). Enfim, nós prevemos e torcemos por um futuro brilhante e de muito sucesso para o atleta brasileiro. Tanto em sua carreira esportiva quanto em sua trajetória na vida…

Foto destaque: Reprodução/Arquivo pessoal

Weslley Lemos

Weslley Lemos

Bem, amo a área da comunicação. Sempre fui muito bem humorado, além de comunicativo. Contudo, também sempre tive um feedback muito bom das pessoas em volta de mim, seja na escola ou na vida. Fui [...]

31 posts | 0 comments

Comments are closed.