A Stock Car voltou! Confira tudo sobre a 1ª etapa da temporada

A Stock Car voltou! Confira tudo sobre a 1ª etapa da temporada

Like
480
0
sexta-feira, 24 julho 2020
Stock Car

Após os cancelamentos no semestre inicial de 2020, a Stock Car está de volta. O Autódromo Internacional de Goiânia será o palco da primeira etapa da temporada, que terá início no domingo (26). Novidades sobre os modelos de carros utilizados, duração de corrida e treinos já entrarão em cena nesta corrida. Além disso, pilotos e equipes também terão que se adequar aos protocolos de segurança e se acostumarem com as arquibancadas vazias. Afinal, a presença de público não será permitida em virtude do novo coronavírus. 

 
Por: Luciano Massi, Santo André – SP

CIRCUITO 

O circuito de Goiânia, formalmente chamado de Autódromo Internacional Ayrton Senna, é um dos mais velozes do país e possui três layouts possíveis. Mas dessa vez, foi escolhido o misto de 3.835m de extensão e sentido anti-horário. A saber, em 1979 a Stock realizou a sua primeira corrida no traçado goiano. Posteriormente, no ano de 2019, a corrida terminou com vitórias de dois pilotos ex-Fórmula 1: Ricardo Zonta e Rubens Barrichello, respectivamente.

Stock Car - Goiãnia

Principal traçado do circuito, o misto será utilizado na estreia da Stock Car em 2020 (Divulgação)

TREINOS

Os treinos classificatórios para a etapa de Goiânia durarão 30 minutos, e não uma hora como na temporada passada. O Q3 deixará de ser disputado, restando apenas o Q1 e Q2, onde 15 pilotos brigarão pela pole position. Entretanto, a medida deve valer apenas nesta prova. De acordo com o regulamento publicado pela Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), a ideia é retornar com o Q3 nas próximas etapas. Desse modo, os horário para os treinos do sábado (25) estão da seguinte maneira:

8h00 a 8h15 – shakedown

9h55 a 11h05 – treino livre 1

12h35 a 13h45 – treino livre 2

16h30 a 17h00 – classificação

CORRIDA

Igualmente a temporada de 2019, cada etapa será de rodada dupla. Porém a grande novidade está no tempo das corridas. Ao invés de 40 minutos, a duração será de 30 minutos e mais uma volta. Tal diminuição nas atividades de pista visam diminuir o desgaste de pilotos e equipes. Vale lembrar que todas essas modificações nos treinos e corridas podem mudar nas próximas etapas. Tudo depende dos números da covid-19.

11h30 a 12h05 – corrida 1

12h23 a 12h55 – corrida 2

PONTUAÇÃO 

O sistema de pontuação não sofreu alteração. Ou seja, a corrida 1 continua valendo mais e o vencedor fatura 30 pontos. Enquanto isso, quem ganhar a corrida 2 leva 20 pontos. Tais regras valem para todas as etapas da temporada, exceto a Grande Final, onde o 1º colocado acumula 60 pontos.

Pontuação - Stock Car

Sistema vigente de pontuação da Stock Car (Reprodução/CBA)

TOYOTA NA STOCK

Outra novidade da temporada 2020 é o ingresso da Toyota na categoria. Dessa maneira, o grid será constituído pelos modelos Cruze e Corolla. Tanto os carros da Chevrolet, construtora remanescente, quanto os Toyota lembram muito os exemplares de rua. Todavia, essas semelhanças, basicamente, ficam somente na parte estética. Os chassis tubulares permanecem, mas a carroceria segue original de fábrica e não uma bolha de fibra de vidro. O monocoque original também mudou, uma prancha plana foi inserida. Todas essas alterações servem para oferecer maior segurança aos pilotos.

Por certo, os Cruze seguem com o mesmo motor LS3 de 2019. Para a estreia da Toyota na Stock Car, a Giaffone Racing, que fabrica os carros da categoria, encomendou blocos e cabeçotes específicos de competição. E a potência, aumentou? Não, os picos de 450 cv e 550 cv, utilizando o push to pass, permanecem.

Toyota Corolla e Chevrolet Cruze - Stock Car 2020

Chevrolet Cruze e Toyota Corolla lado a lado (Divulgação/Vicar/Stock Car)

EQUIPES E PILOTOS

Em 2020, 13 equipes constituirão o grid ao invés de 16. Além de menos times, a Stock sofreu com a saída de alguns corredores. Bia Figueiredo teve o seu contrato rescindido com Audi e Ipiranga Racing. O fim do casamento se deu após investigações apontarem o envolvimento da piloto em fraudes na área da saúde do estado do Rio de Janeiro.

Raphael Reis, Marcel Della Coletta, Max Wilson, Gabriel Robe, Victor Baptista, Guga Lima, Felipe Lapenna e Valdeno Brito também deixaram a categoria. Por outro lado, o argentino Matías Rossi, Vitor Genz, que substituirá Sérgio Jiménez em Goiânia, Guilherme Salas e Tuca Antoniazzi são as caras novas da Stock Car 2020. Contudo, há possibilidade de mudanças no decorrer da temporada.

 
Confira todos os pilotos que disputarão a etapa de Goiânia:
RC/EurofarmaDaniel Serra (atual campeão) e Ricardo Maurício
Crown – Cacá Bueno e Julio Campos
Crown/Shell – Átila Abreu e Galid Osman
Full Time – Rubens Barrichello e Matías Rossi
Full Time Sports – Nelsinho Piquet e Rafael Suzuki
Cavaleiro – Marcos Gomes e Denis Navarro
RCM – Ricardo Zonta e Bruno Baptista
KTF – Guilherme Salas e Sérgio Jiménez
TMG/Blau – Diego Nunes e Allam Khodair
Ipiranga – Thiago Camilo e César Ramos
Vogel – Gaetano Di Mauro e Lucas Foresti
R. Mattheis – Gabriel Casagrande
Hot Car – Tuca Antoniazzi
Foto destaque: Duda Bairros/ Stock Car

Luciano Massi

Paulistano de 21 anos. Estudante de jornalismo. Narrador, repórter, amante do automobilismo, futebol, basquete e esportes olímpicos.

126 posts | 0 comments

Comments are closed.