Brasil heptacampeão no Futsal – Parte 1

Brasil heptacampeão no Futsal – Parte 1

1
118
0
terça-feira, 22 setembro 2020
Futsal

Assim como no Futebol, a Seleção Brasileira é a maior vencedora de Copas do Mundo de Futebol de Salão. Contando sete títulos: 1982, 1985, 1989, 1992, 1996, 2008 e 2012. Nesta edição da Além da 12, será descrito o caminho vitorioso do Brasil em torneios mundiais. Ainda, vale dizer também que desde o começo do torneio, em 1982, a Seleção não ficou abaixo do terceiro lugar em nenhuma edição

Por Lucas Henrique, Campinas-SP.

O PRIMEIRO TÍTULO: 1982

Foi logo na primeira edição da Copa do Mundo de Futsal, o torneio foi administrado pela extinta FIFUSA. Para esclarecer, na época o Brasil ainda não tinha atletas profissionais de Futsal. Logo, o time dirigido por Júlio César era composto apenas por atletas amadores. Estes, mesmo empregados e com suas obrigações, se juntaram em uma concentração por 60 dias. Dessa forma, o time base da Seleção tinha o capitão Beto (Sumov-CE), Walmir (Huracan-MG), Jackson (Olympico-MG), Cacá (Sumov-CE) e Douglas (Gercan-SP).

Continuando, o torneio foi sediado em São Paulo e contou com 10 times, segundo o “RankBrasil: Paraguai, Costa Rica (entrou para substituir o México, que desistiu nas vésperas), Itália, Uruguai, Bolívia, Argentina, Japão, Colômbia e Tchecoslováquia. Ainda, vale lembrar que o início desta competição, que na época teve um investimento de 50 milhões de cruzeiros, serviu também para que a FIFUSA unificasse as regras do Futsal pelo mundo, que até então, eram diferentes em países como o Japão e a Tchecoslováquia.

A PERFORMANCE

A performance do Brasil foi histórica, venceu os seis jogos que jogou, e teve, por exemplo, o melhor ataque (33 gols feitos), além da melhor defesa (levou três gols) e o craque da competição: Jackson, que além de jogar pela seleção e pelo Olympico-MG, era bancário.  O time verde e amarelo estreou no campeonato com uma vitória invejável de 5 x 0 sobre a Argentina, com o gol mais rápido da competição: Douglas marcou o primeiro gol do Mundial com apenas cinco segundos.

Em seguida, enfrentou a Costa Rica e aplicou um 14 x 0. Com isso, pode-se perceber até então o notável diferencial técnico do Brasil. Contudo, o terceiro confronto contra os Tchecos foi mais equilibrado, pelo fato de aquele adversário não ter ido a campo com o tradicional esquema da época (um fixo, dois alas e um pivô). Mesmo assim, a Seleção se adaptou e venceu por 4 x 1. Depois disso, houve um 5 x 1 no Uruguai e um 4 x 1 em cima da Colômbia, já nas semifinais.

A final da primeira Copa do Mundo de Futebol de Salão ocorreu no dia 6 de junho de 1982 no Ginásio do Ibirapuera, com cerca de 15 mil espectadores. Dessa maneira, o Brasil enfrentou o Paraguai, com direito a clima quente e catimba dos rivais. Concluindo, o embate decisivo terminou em 1 x 0 e, em entrevista aoPlacar, concedida no ano da disputa, Jackson, que fez o gol da partida, falou:

“A solidariedade e a tranquilidade foram as nossas armas. Nunca perdi a fé, mesmo quando atravessamos nossos piores momentos. Sou crente e pressenti o gol. Bati com convicção”

DUAS EDIÇÕES E DOIS TÍTULOS PARA O BRASIL

A edição de 1985 foi sediada na Espanha e dessa vez contou com 12 equipes. Na primeira fase os participantes foram divididos em três grupos, no grupo do Brasil figuravam também Japão, Argentina e Holanda. Assim, a Seleção treinada novamente por Júlio César Vieira passou com tranquilidade, aplicando um 11 x 0 na Argentina, 16 x 0 na Holanda e 15 x 1 no Japão.

Já a segunda fase dividiu os seis times restantes em dois grupos. O Brasil venceu o Uruguai por 2 x 0 e o Paraguai por 1 x 0. Além do Brasil, a Espanha foi a melhor colocada no outro grupo e enfrentou o Brasil na finalíssima. No confronto final, o Brasil utilizou da forte finalização de fora da área de seus jogadores. Assim, Douglas, Jadson e Mauro marcaram os gols da vitória e a Espanha diminuiu no fim com Lorenz, definindo o placar em 3 x 1. Por fim, o melhor jogador da competição foi novamente  o brasileiro Jackson.

O TERCEIRO TÍTULO: 1989

Em janeiro de 1989, nos Países Baixos, foi disputada a primeira Copa do Mundo de Futsal. O torneio foi pela primeira vez organizado pela FIFA, que pela primeira vez incluiu equipes africanas (Zimbabué e Argélia). Esta edição da competição contou com 16 equipes. A Seleção Brasileira foi sorteada no Grupo B, que tinha Hungria, Espanha e Arábia Saudita. Ainda, por problemas no registro da CBFS com a FIFA, o time do Bradesco/RJ teve que representar a Amarelinha naquela competição.

A coisa começava a ficar mais equilibrava e, consequentemente, o Brasil empatou em pontos com Espanha e Hungria (time que venceu o Brasil naquela fase). Mas passou em primeiro pelo saldo de gols. Na segunda fase seu grupo tinha Paraguai, Argentina e Estados Unidos. Assim, os norte-americanos surpreenderam e passaram em primeiro, com o Brasil sendo o segundo colocado.

Já nas semifinais, os Canarinhos enfrentaram a Bélgica. O jogo normal (mais a prorrogação) empatou em 3 x 3, com o Brasil passando nos pênaltis. Na grande final, o adversário era o país sede, a Holanda. Assim, o maior campeão venceu mais uma vez, por 2 x 1 com gols de Raul e Benatti (dividiu a artilharia com o húngaro Zsadanyi), Loosveld fez o da Holanda. Pela primeira vez em uma Copa vencida pelo Brasil, o melhor jogador não foi brasileiro e sim holandês: Hermans.

Em 1989, Seleção Brasileira conquistava a primeira Copa do Mun…

Seleção Brasileira quebrando recordes > http://goo.gl/BqwxlGõ/õ/õ/õ/õ/õ/õ/õ/õ/õ/#MUNDIALDEFUTSAL #FUTSALPAULISTANOMUNDIAL Lista de convocados para o Mundial de 2016 > http://goo.gl/E5IjoK 󾟛 󾟛 󾟛 󾟛 󾟛 󾟛 󾟛 #MUNDIAISFIFANo mês de setembro, a partir do dia 11, na Colômbia, a Seleção Brasileira de Futsal, comandada pelo técnico Serginho Schiochet, vai em busca de seu oitavo título do Mundial. Na Copa do Mundo, a equipe verde e amarela já disputou, ao todo, 56 partidas, sendo que alcançou incríveis 48 vitórias, 5 empates e apenas 3 derrotas. E essa dinastia da Seleção Brasileira nos torneios mundiais começou em 1989, quando a Fifa realizou a primeira Copa do Mundo, que teve a Holanda como sede.Na decisão pelo título, o Brasil levou a melhor com dois belos gols, um de Benatti e outro de Raul, que garantiram o triunfo por 2 a 1 na partida. Assista ao vídeo 󾠁 󾠈Primeira Seleção Brasileira campeã do mundo1 – Silvio Sergio Astor G. Machado (Lula)2 – João Ricardo P. Sampaio (Cadinho)3 – Dirveu Ventura Teixeira (Dirceu)4 – Gilson M. Moreira (Gilson)5 – Marcos da Silva Simpson (Marquinhos)6 – Sergio Benatti Pasculi de Curci (Benatti)7 – Atila Storni (Atila)8 – Raul de Cerqueira de Rezende (Raul)9 – Carlos Octavio C. Dos Santos (Toca)10 – Carlos Alberto da Cunha (Carlos Alberto)11 – Neimar Jose Valadares de Castro (Neimar)12 – Sergio Luiz Coelho Pinto (Serginho)13 – Adilio de Oliveira Gonçalves (Adilio)A Seleção Brasileira na Copa do Mundo 2016󾮖 󾮖 󾭞 󾭞No grupo D da Copa do Mundo, a Seleção Brasileira estreará diante da Ucrânia no dia 11, a partir das 20h00, no Coliseo Bicentenario, em Bucaramanga, na Colômbia. Além do confronto contra o time ucraniano, a Seleção Brasileira de Futsal vai enfrentar Austrália, no dia 14 de setembro, e Moçambique, no dia 17, na primeira fase do Mundial.

Posted by FPFS – Federação Paulista de Futsal on Thursday, August 25, 2016

BICAMPEONATO DA ERA FIFA

O quarto título mundial veio na Copa de Hong Kong em 1992. Uma curiosidade sobre aquele elenco era Serginho Schiochet Bigode (jogava no Sadia), era fixo e depois foi treinador da Seleção. Além de Serginho, o plantel tinha no gol Serginho (Impacel) e Mazureik (Votorantim), Chiquinho (Sumov) e Morillo (Banespa) como fixos. 

Em segundo lugar, as opções nas alas eram: Vander (Banfort), Fininho (Votorantim), Manoel Tobias (Banfort), Rogério (Banespa) e Edinho (Sumov). Finalmente, os pivôs eram Ortiz (Sumov) e Jorginho (jogava no Banfort e seria ainda o primeiro brasileiro a jogar na Rússia). Por fim, Takão era o técnico.

Em primeiro lugar, o Brasil caiu no Grupo C, de Bélgica, Austrália e Costa Rica, vencendo os três. Foi um 5 x 0, um 3 x 0 e um 15 x 1, respectivamente. Consequentemente, passou em primeiro com nove pontos e a segunda colocada foi a Bélgica com seis. Em seguida, a Seleção pegou um grupo com Argentina, Estados Unidos e Países Baixos. Assim, o único jogo que não venceu na segunda fase foi contra o EUA (foi o segundo colocado), que acabou em 2 x 2.

Depois disso, na semifinal, o time que seguia sendo favorito pegou a Espanha, aplicando um 6 x 1. Finalmente, o último confronto foi contra os norte americanos, mas dessa vez o Brasil provou sua superioridade e venceu por 4 x 1. Os gols foram de Jorginho (marcou duas vezes e foi eleito o melhor jogador da competição), Vander e Manoel Tobias (craque da LNFS). Em contrapartida, o gol dos Estados Unidos foi de Chico Borja.


Foto Destaque: Dvulgação/Instagram/CBFS

Lucas Henrique Noronha

Lucas Henrique Noronha

Escolhi o jornalismo pelo enorme gosto por esportes e por sempre assistir programas esportivos em geral, além de um costume meu de criticar grandes problemas do nosso mundo atual. Eu estou no 1o sem[...]

5 posts | 0 comments

Comments are closed.