Botafogo vence o Nacional no Uruguai e se aproxima das quartas na Libertadores

Botafogo vence o Nacional no Uruguai e se aproxima das quartas na Libertadores

Like
1178
0
sexta-feira, 07 julho 2017
Futebol Internacional

O time do Botafogo segue fazendo história na Libertadores. Diante da mais um gigante da América do Sul, o Glorioso não sentiu medo. Nesta quinta-feira, o Alvinegro foi até Montevidéu e derrotou o Nacional por 1 a 0 na partida de ida das oitavas de final.  O gol da vitória foi marcado por João Paulo.

Com isso, pode até empatar no jogo de volta que será no Estádio Nilton Santos, para conquistar uma vaga nas quartas de final da Libertadores.

– Eu me cobro, todos me cobram. Fico feliz pela vitória, antes do gol – comemorou João Paulo.

As duas equipes voltam a se encontrar no dia 10 de agosto no Nilton Santos.

Pelo Campeonato Brasileiro, o Botafogo volta aos gramados no domingo. O rival será o Atlético-MG, no Nilton Santos, às 19 horas.

Esse jogo teve a transmissão da Rádio Poliesportiva, com narração de Paulo Arnaldo, comentários de Marcos Batista e reportagens de Rafael Régis.

Ouça em www.radiopoliesportiva.com.br, ou pelos aplicativos Rádios ou Tuneim para ouvir em seu celular.

Rádio Poliesportiva a Arte do Esporte!

 

Ficha Técnica

 

Nacional-Uruguai 0 x 1 Botafogo

 

Local: Gran Parque Central, em Montevidéu (URU)

Arbitragem: Julio Bascuñan (CHI)

Renda/Público: Não divulgados

Cartões amarelos: Polenta, Fucile e Romero (NAC); João Paulo e Bruno Silva (BOT)

Gols: João Paulo (37’/1ºT – 0-1)

 

Nacional-Uruguai: Conde, Fucile (Ramírez), Rafael García, Diego Polenta e Espino; González, Carballo e Santiago Romero; Viúdez (Liguera), Fernández e Silveira (Diego Coelho) – Técnico: Martín Lasarte

Botafogo: Gatito Fernández, Arnaldo, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo (Camilo); Rodrigo Pimpão (Guilherme) e Roger (Marcos Vinicius) – Técnico: Jair Ventura

 

Foto: Gerardo Pérez/Jornal Ovacion

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

350 posts | 0 comments

Menu Title