Barrichello e Ricardo Maurício vencem e embolam a Stock Car em Santa Cruz do Sul

Barrichello e Ricardo Maurício vencem e embolam a Stock Car em Santa Cruz do Sul

Like
982
0
segunda-feira, 22 maio 2017
Stock Car

No sempre competitivo autódromo de Santa Cruz do Sul, a Stock Car viu uma grande prova neste domingo (21). Barrichello, o pole position, venceu a primeira bateria sem dar nenhuma chance aos adversários, enquanto Ricardo Maurício em excelente recuperação após boa estratégia de troca de pneus na primeira corrida saiu com a vitória na segunda parte da prova.

Primeira bateria

No início da prova, Rubens Barrichello tratou de disparar na frente e tentar evitar correr riscos em sua corrida. Quando a janela abriu para as paradas nos pits, Barrichello fez uma boa parada, e aproveitando o bom carro que tinha, conseguiu se segurar na liderança diante de Marcos Gomes, que tentava pressionar, sem muito sucesso.

Nos últimos dez minutos finais da bateria, Lucas Foresti e Felipe Fraga protagonizaram uma bela briga pela décima posição. Posição essa muito importante para a segunda bateria, pela questão do grid invertido (o décimo da primeira bateria sai em primeiro na segunda, e o grid se inverte da primeira até a décima posição).

Enquanto isso Barrichello voava na liderança, tranqüilo e absolutamente livre para buscar sua vitória. A briga entre Tiago Camilo, Átila Abreu e Max Wilson pela terceira posição esquentava nos últimos dois minutos da bateria. Marcos Gomes seguia tranqüilo em segundo. A briga pelo terceiro posto esquentava cada vez mais, e Átila Abreu utilizando o push to pass tentou a todo custo buscar o segundo posto, mas Camilo foi valente e segurou a posição de forma magistral.

No fim da primeira bateria, Átila ainda perdeu a quarta posição para Max Wilson, que assistia de camarote a briga entre posições na sua frente. Max foi inteligente e deu o bote quando o  espaço se abriu. Ao fim da prova 1, Rubens Barrichello vence após uma prova segura e sem sustos, com direito a sambadinha no pódio. Marcos Gomes foi segundo, Tiago Camilo foi terceiro, Átila Abreu completou em quarto (após grande ultrapassagem na última curva) e Max Wilson (que não segurou a posição) em quinto.

Rubens Barrichello domina a primeira corrida deste domingo. Foto/Divulgação: Stock Car Brasil ( Site oficial)

 

Segunda bateria

Cacá Bueno foi o décimo colocado da primeira bateria e teve o direito de largar na ponta, com Felipe Fraga (que foi o nono) ao seu lado. Na largada Cacá disparou na ponta e Allan Khodair que largava em terceiro foi pra cima de Felipe Fraga que jogou duro e não deu a oportunidade para ultrapassagens. Fraga parecia forte na disputa e foi pra cima de Cacá, que não demonstrou resistência e cedeu a ponta sem muitos problemas para Fraga.

Marcos Gomes teve um problema com Átila Abreu. Átila pressionava e tocou por trás no carro de Gomes, que perdeu muito desempenho em seu carro e caiu para a última posição, com fumaça saindo por baixo do carro. Na ponta do grid, Max Wilson apertava Cacá Bueno, brigando pela segunda posição enquanto Felipe Fraga se distanciava na ponta.

Barrichello que teve um ótimo carro em todo o fim de semana e largava em décimo na segunda bateria, partia pra cima de seus competidores, avançando nas posições. Enquanto isso Allan Khodair assumia a terceira posição e Cacá caia para quarto, com os pneus claramente muito gastos.

Na janela de abertura dos pits, Felipe Fraga que vinha na liderança foi o primeiro a parar. Neste momento Max Wilson que vinha bem na prova teve um problema no câmbio e abandonou a prova. Fraga teve de voltar aos boxes pra trocar um pneu furado, comprometendo uma boa chance de vitória. Neste momento a liderança variou entre alguns pilotos, e ao fim das paradas Ricardo Maurício assume a liderança, devido à tática de não precisar trocar seus pneus.

Na entrada do safety car, Felipe Lapenna e Antônio Pizzonia que vinham em segundo e terceiro respectivamente se aproximaram bastante do líder Ricardo Maurício que tinha uma grande vantagem na liderança. O carro de segurança entrou para a retirada dos carros de Max Wilson e Guilherme Salas, que havia rodado. O grid todo se aproximou e os pilotos relargaram faltando pouco mais de nove minutos para o fim da prova.

Felipe Lapenna teve dificuldades na relargada após perder seu defletor traseiro, que saiu voando pelos ares de Santa Cruz do Sul. Com isso Pizzonia começou a apertar Lapenna, enquanto Ricardo Maurício partia firme na liderança. Faltando dois minutos, Pizzonia fez uma linda manobra e finalmente, conseguiu a ultrapassagem no valente Lapenna. Enquanto isso, mais atrás, a briga era intensa pelo restante das posições, principalmente entre Cacá Bueno, Gabriel Casagrande e Ricardo Zonta. Sérgio Jimenez assumiu a terceira posição sobre Lapenna, que tinha enormes dificuldades com seu carro.

Ao fim da prova, Ricardo Maurício em excelente segunda corrida venceu, com Pizzonia em grande estratégia em segundo, e Jimenez bem em terceiro. Lapenna e Tuka Rocha ficaram em quarto e quinto, respectivamente.

Ricardo Maurício vencea a segunda bateria da etapa de Santa Cruz do Sul. Foto/Divulgação: Stock Car Brasil ( Site oficial)

O campeonato

Tiago Camilo é líder, com Daniel Serra e Átila Abreu no encalço. Nenhum dos três teve um grande desempenho em Santa Cruz do Sul, e o campeonato embolou na pontuação. Embora Camilo tenha conquistado o pódio na primeira prova, foi inconstante e não foi bem na segunda prova. Com isso, Barrichello e Ricardo Maurício se aproximaram e aglutinaram a pontuação.

A Stock Car tem sua sequência em 11 de junho, no Autódromo Zilmar Beux em Cascavel.

 

Veja também

NBB: Em São Paulo, o Bauru supera o Pinheiros e força o quinto jogo.
Título de Zverev em Roma comprova o valor da nova geração do tênis
Manchester United e Ajax se enfrentam na grande final da UEFA Europa League

Foto de capa: Stock Car Brasil (Site oficial)

Redator da matéria: Danilo Dias, de São Paulo

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

523 posts | 2 comments