Atletismo brasileiro volta aos treinos de preparação para Olimpíadas de Tóquio

Atletismo brasileiro volta aos treinos de preparação para Olimpíadas de Tóquio

Like
229
0
terça-feira, 04 agosto 2020
Atletismo

A partir desta semana, os esportistas de Atletismo brasileiro retomam as suas atividades de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, adiados para 2021.

Por Larissa Lisboa, Ceará

Devido a pandemia do novo coronavírus, o esporte foi interrompido. Com isso as atividades dos centros de treinamento passaram a ser realizadas de maneira improvisada na casa dos próprios atletas. Após quatro meses de restrições e com a liberação dos órgãos governamentais, o atletismo brasileiro volta as atividades em um “novo normal”.

Portanto, o Centro Nacional de Desenvolvimento do Atletismo, da Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), reabriu nesta segunda-feira (3). Medida para receber os atletas da cidade de Bragança Paulista dentro das restrições determinadas pelas autoridades sanitárias municipais. Cerca de 30 nomes devem a retomar os treinos, incluindo Darlan Romani, recordista sul-americano e 4º colocado no Mundial de Doha no arremesso do peso.

A  VOLTA NA CAPITAL

Na capital São Paulo, o Núcleo de Alto Rendimento Esportivo (NAR), também voltou a funcionar. Tudo conforme as recomendações da Portaria 747, que regula o funcionamento dos centros esportivos no município.

Os atletas do técnico Neilton Moura treinam na pista de Guarulhos. Entre eles Alexsandro Melo, conhecido carinhosamente como Bolt, que está qualificado para o salto triplo na capital japonesa. Almir Júnior, que também está qualificado  no  triplo mantém-se em preparação com o técnico José Haroldo Loureiro Gomes, em Porto Alegre.

Enquanto isso, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) ao lado da CBAt, anunciou que levará os atletas para a Missão Europa. Em suma, é um programa no qual atletas brasileiros treinam em países do continente, na segunda quinzena de agosto. Conforme o informado, o Comitê deve levar somente os esportistas de modalidades que sejam seguras para treinar. Assim, o  atletismo é uma das modalidades que estão confirmadas.

Os representantes que fazem parte do Programa de Preparação Olímpica, devem treinar em Rio Maior, Portugal. A viagem pode durar de duas semanas a dois meses.

ATLETISMO BRASILEIRO EM ALTO NÍVEL

Marco La Porta, vice-presidente do COB, concedeu entrevista ao podcast do Globo Esporte, Rumo ao Pódio. Então, disse que a comissão será formada por atletas experientes e de nível internacional.

“Optamos por levar atletas da comissão de atletas e de relevância internacional. A gente entende que nessa retomada de treinamento é importante ouvir atleta experiente, montar palestras, de maneira que haja interação entre eles. Porque ainda há uma incerteza no ar do que vai acontecer, então achamos importante ter esses atletas”.

Foto Destaque:  Divulgação FAB / Kazuhiro NOGI

Avatar

Larissa Lisboa

1 posts | 0 comments

Comments are closed.