Arch Manning: a sequência de um legado vitorioso

Arch Manning: a sequência de um legado vitorioso

1
383
0
sexta-feira, 14 fevereiro 2020
NFL

Possivelmente a família mais tradicional da história do futebol americano, os Manning vêm encantando gerações na NFL. Archie, Peyton, Eli, todos jogadores de altíssima qualidade com calibre de Hall da Fama. Mas quem será o próximo Manning de sucesso? A resposta parece estar a um palmo de distância, ou melhor, cinco anos de distância, conheça Arch Manning, o próximo talento da família.

Família Manning

Todo esse legado começou lá nos anos 60, quando Archie, o pai, era um astro do college. Apesar de ser não ter obtido tanto sucesso na NFL, muito devido à organização New Orleans Saints, Archie conseguiu se tornar ídolo e possivelmente o maior quarterback da história de Ole Miss. Por causa de sua grande qualidade, todos os holofotes eram voltados para seus filhos. Cooper, o mais velho, era wide receiver, Peyton e Eli quarterbacks. O primogênito nem chegou a jogar pela faculdade. Uma grave lesão espinhal encerrou sua carreira precocemente, ainda que ele fosse, possivelmente, o Manning mais talentoso dos três. Peyton e Eli foram jogadores vitoriosos, que são bem quistos pelos torcedores até hoje. Juntos eles possuem quatro anéis do Super Bowl e passaportes, praticamente, carimbados para o Hall da Fama da NFL.

Peyton foi draftado pelo Indianapolis Colts em 1999, vindo da Universidade de Tennessee. Eli foi draftado pelo Los Angeles Chargers, sendo trocado para os Giants de Nova York. O primeiro causou revolta em todos os fãs de Ole Miss. Após quase 30 anos da saída de Archie, a torcida esperava que seu filho promissor seguisse seus passos. Era esperado um novo ídolo da Universidade, que na época estava carente deles, mas Peyton preferiu seguir outros passos, gerando um sentimento de traição para os fãs da família. Apesar de perderem Peyton, anos depois tiveram Eli Manning como grande ídolo universitário. Dessa forma, destruindo qualquer sentimento ruim que havia ficado sobre a família.

Arch Manning

O filho mais velho de Cooper, Arch Manning, chama a atenção não só pelo nome que carrega. O jogador tem 14 anos e demonstra uma maturidade jamais vista entre jogadores do High School. Inclusive, o avô declarou que, para o momento da carreira, Arch está mais preparado do que Peyton e Eli para o college e consequentemente a NFL. Um fardo um tanto pesado para alguém que está no primeiro ano do ensino médio. Sua rotina de treinos é regrada pelos técnicos da escola, mas com constantemente supervisionado por seu tio Peyton, já aposentado há alguns anos.

Logo em sua estreia pela Isidore Newman High School, em Nova Orleans, Arch deixou sua marca. Foram 234 jardas, 3 touchdowns e uma interceptação. Apesar da jogada negativa, a jovem promessa foi ovacionada e chamou a atenção de todos no país. Enquanto ele segue crescendo e desenvolvendo, diversas faculdades já demonstram interesse no garoto. Boatos apontam LSU, Alabama e Clemson já estão de olho no jovem jogador. Ole Miss e Tennessee certamente irão em busca do jogador, devido à identidade criada por Archie, Eli e Peyton. Alguns de seus lances são simplesmente impressionantes, mostrando certa semelhança com o estilo de jogo do tio Peyton e mostrando um pouco de agilidade, como seu avô. Dessa forma, ele segue sendo moldado para o sucesso, o que nos resta é esperar por um novo capítulo na trajetória da família Manning.

Expectativa

Seu hype é tanto, que os fãs já o colocam como futuro astro da NFL. É provável que Arch seja comparado aos tios em qualquer ocasião, o que pode ser prejudicial para a criação de uma identidade na liga e para seus triunfos e fracassos. A escolha de universidade deve vir em 2023, quando o garoto estiver com 17 anos. Não se deve pular passos pois, acima de tudo, ele ainda é uma criança. Até lá haverá uma grande curva de aprendizagem, em outras palavras, treino após treino e dedicação sem igual. O que nos resta é aguardar e torcer para que um novo capítulo da família Manning seja escrito através de Arch.

Fronteira Sports Camp

Todo jogador só obtém sucesso ao treinar bastante, tendo a seu lado os melhores de sua modalidade. No futebol americano não é diferente, para conseguir destaque, a dedicação é primordial. Que tal começar a construir seu legado, recebendo treinamento dos melhores coachs e jogadores do Brasil? Tudo isso você encontra no Fronteira Sports Camp, que conta com a presença de inúmeras figuras do futebol americano nacional. KC Frost, Paulo Mancha, Rafael Gaglianone e muito mais. Se inscreva e tenha um dia de treinos, como se fosse um jogador profissional!

Foto destaque por David Grunfield.

Victor Ferreira

Victor Ferreira

Jornalista formado pela Universidade São Judas Tadeu. 22 anos e muita paixão por esportes. Encontrei minha vocação dentro do futebol americano e dos esportes eletrônicos. Pretendo trazer, durante[...]

27 posts | 0 comments

Comments are closed.