Análise de chave: Grandes desfalques, principais candidatos e jogos interessantes da 1ª rodada do ATP 250 de Marbella

Análise de chave: Grandes desfalques, principais candidatos e jogos interessantes da 1ª rodada do ATP 250 de Marbella

1
119
0
domingo, 04 abril 2021
Tênis

Começa na próxima segunda-feira (5) o ATP 250 de Marbella, que dará início a temporada de saibro europeia. Bem como, o torneio tem licença como torneio nível ATP especialmente para este ano de 2021. Igualmente ao Masters 1000 de Miami, a competição contará com enormes desfalques, como #7 Alexander Zverev, #8 Andrey Rublev e #11 Roberto Bautista Agut.

Por: Márcio Moreno, de São Paulo-SP

PRINCIPAIS CANDIDATOS

Pablo Carreño Busta

Sem jogar desde o ATP 500 de Dubai, #15 Pablo Carreño Busta vem para o torneio como principal cabeça de chave. Dessa forma, o espanhol terá tranquilidade de início, já que sai de bye na 1ª rodada, e enfrentará logo depois um vencedor de jogadores que virão do qualificatório. Posteriormente, o jogador poderá ter pela frente o garoto #115 Francisco Cerundolo, que se destacou ao chegar à final do ATP 250 de Buenos Aires neste ano.

Por outro lado, em caso de semifinal, Pablo tem como possíveis desafiantes o cabeça de chave oito #80 Federico Delbonis, no qual tem retrospecto negativo no confronto, tendo perdido quatro e vencido apenas dois dos seis jogos disputados. E o cabeça de chave quatro e compatriota #47 Albert Ramos-Vinolas, atual finalista do ATP 250 de Córdoba.

Por fim, o espanhol terá como prováveis desafiantes na grande final o cabeça de chave dois e convidado do torneio #17 Fabio Fognini. Em oito jogos entre os dois, Carreño Busta venceu sete e perdeu apenas um, sendo quatro deles no saibro outdoor. Em contrapartida, outro candidato na finalíssima com o jogador poderá ser #25 Casper Ruud. O norueguês será cabeça de chave três, e não joga desde o ATP 500 de Acapulco, tendo desistido da partida contra Alexander Zverev por lesão.

Fabio Fognini

Eliminado de forma precoce no Masters 1000 de Miami, Fabio Fognini recebeu convite do torneio de Marbella para participar, e chega como cabeça de chave dois. Assim como Carreño Busta, o jogador sairá de bye na 1ª rodada e pode ter grande dificuldade nas oitavas de final, já que deverá enfrentar o espanhol #99 Jaume Munar Clar, finalista do atual torneio, que ocorre em nível Challenger.

Logo depois, a possibilidade é de um embate com o cabeça de chave cinco #55 Alejandro Davidovich Fokina, que tem como grande resultado na temporada as quartas de final no ATP 250 de Montpellier. Em caso de semifinal, Fognini poderá ter pela frente Casper Ruud, que tem duas vitórias nos dois únicos jogos que disputaram até aqui. Além disso, o cabeça de chave seis #64 Feliciano Lopez soma como outro adversário no último jogo antes da final.

Já em caso de final, o italiano terá pela frente Pablo Carreño Busta, de quem venceu na ATP Cup deste ano. Ou o espanhol Albert Ramos-Vinolas, contra quem tem excelente retrospecto, no qual venceu oito dos dez jogos que disputaram.

Casper Ruud

Igualmente aos dois primeiros cabeças de chave, Casper Ruud iniciará sua campanha em Marbella saindo de bye na 1ª rodada. Logo em seguida, terá como possíveis adversários #105 Mikhail Kukushkin ou #102 Gianluca Mager, tendo enfrentado apenas o italiano anteriormente. Em quartas de final, a dificuldade do norueguês aumenta, quando poderá defrontar, Feliciano Lopez ou o jovem espanhol #132 Carlos Alcaraz, que recebeu convite do torneio.

Mais à frente, Ruud pode enfrentar Fabio Fognini, adversário para o qual ainda não perdeu sets em seus jogos, ou Alejandro Davidovich Fokina, que enfrentou apenas uma vez na carreira e venceu. Da mesma forma que Fognini, o jogador terá em caso de final Pablo Carreño Busta ou Albert Ramos-Vinolas, adversários contra quem não tem retrospecto positivo no H2H.

Albert Ramos-Vinolas

Ao passo que também sairá na 1ª rodada com bye em Marbella, Albert Ramos-Vinolas vê nas oitavas de final uma grande dificuldade. Nesse sentido, o espanhol poderá confrontar #81 Lucas Pouille, que vem em fase de recuperação, ou #89 Ricardas Berankis, que tem vitória na única partida disputada entre eles.

Posteriormente, seu adversário em quartas de final também pode ser pedreira, já que vê Federico Delbonis ou #92 Juan Ignacio Londero pela frente. O primeiro venceu Albert em quatro de seis ocasiões, sendo todos os jogos no saibro em quadras outdoor. Já o segundo enfrentou apenas duas vezes, tendo vencido uma e perdido uma, a vitória acontecendo na campanha de final em Córdoba.

Em futura semifinal deverá encontrar Pablo Carreño Busta, adversário que enfrentou em três partidas, perdendo duas e vencendo apenas uma. Por outro lado, em possibilidade de final, Ramos-Vinolas pode ter Fabio Fognini ou Casper Ruud. Contra o italiano, venceu os últimos dois jogos, sendo um deles no ATP 500 do Rio de Janeiro em 2017. Já contra o norueguês, tem quatro partidas feitas, vencendo três e perdendo apenas uma.

JOGOS INTERESSANTES DA 1ª RODADA

Facundo Bagnis vs. Francisco Cerundolo

Lucas Pouille vs. Ricarda Berankis

Roberto Carballes Baena vs. Federico Delbonis

Feliciano Lopez vs. Taro Daniel

Mikhail Kukushkin vs. Gianluca Mager

Alejandro Davidovich Fokina vs. Damir Dzumhur

Foto Destaque: Divulgação/Andalucía Open

Márcio Moreno

Márcio Moreno

Escolhi o jornalismo pela paixão pelo esporte, tanto para escrever quanto para falar e debater. Já produzi reportagem para TV sobre rotatividade de técnicos no futebol brasileiro, além de escrever[...]

12 posts | 0 comments

Comments are closed.