Alex Smith: História de superação dentro da NFL

Alex Smith: História de superação dentro da NFL

Like
49
0
terça-feira, 09 fevereiro 2021
NFL

Após passar dois anos afastado dos gramados, Alex Smith fez o impossível. Em um ano completamente diferente, é a história de Alex quem inspira o Comeback Player of The Year na NFL. Assim, aos 36 anos, o quarterback fez uma honrosa campanha, comandando seu time até os playoffs. Mesmo que os números não cheguem perto do feito de voltar após lesão, Alex Smith teve cinco vitórias e uma derrota como titular na temporada.

Por Natan Alves, Pindamonhangaba-SP

Com uma maioria esmagadora, Alex Smith recebeu 49 dos 50 votos para ser o Comeback Player of The Year. Prêmio que traduz a maior reviravolta de um atleta na temporada, e por isso, nada mais justo do que o próprio Smith ser o premiado. Afinal, passar por 17 cirurgias durante dois anos de luta é um grande feito. Com isso, Alex Smith voltou a campo e honrou a camisa, mostrando que muitas vezes não se trata apenas de esporte.

Muitos poderiam dizer que ele era um louco em pensar na NFL novamente. De fato, o futebol americano é um esporte que exige um alto rigor físico dos atletas. Mas para quem vive disso, nada disso importa. Então, pensando em seu impacto dentro de campo: Washington Football Team com Alex Smith teve cinco vitórias em seis jogos; enquanto, sem Smith de titular tiveram duas vitórias em 10 jogos. Portanto, ele não é só mais uma “historinha” bonita.

Grandes nomes da história que também ganharam este troféu

De 1998 até hoje, foram 14 quarterbacks consagrados com esse prêmio. Dentre todas posições do jogo, recuperar confiança deve ser mais complexo para os quarterbacks. Contudo, também é uma das funções da qual mais recebe atenção do time por ser estabelecida uma relação de dependência. Dessa forma, Peyton Manning, Drew Bress, Michael Vick, Philip Rivers e até Tom Brady mostram que sempre há tempo para reviravoltas impressionantes.

Futuro do QB na liga

Alex Smith tem contrato até 2022, em aberto, pois, tem a possibilidade de ambos, time e jogador, negociarem a melhor opção para todos. Mas se depender do ânimo do quarterback, devemos vê-lo em campo novamente.

“Mas para mim, o mais louco era o quão bem meu corpo respondia a isso. Eu apenas sinto que continuei a ficar cada vez mais forte e melhor e melhor. Ainda me sinto como uma criança agora entrando na offseason.” Alex Smith em entrevista a NBC Sports Washington.

Foto Destaque: Reprodução/ Twitter SportsCenter

Natan Alves

Natan Alves

9 posts | 0 comments

Comments are closed.