Adeus e muito obrigado, Ronaldinho Gaúcho!

Adeus e muito obrigado, Ronaldinho Gaúcho!

Like
1497
0
sexta-feira, 19 janeiro 2018
Futebol Brasileiro

Durante essa semana, Roberto Assis, irmão e empresário do jogador que anunciou oficialmente o fim da carreira de Ronaldinho Gaúcho. Assis afirmou que Ronaldinho não quer jogar mais de forma profissional. E será preparado um jogo de despedida para depois da Copa do Mundo na Rússia.

“Ele parou. Acabou. Vamos fazer algo bem grande, depois do Mundial 2018, provavelmente em agosto. Vamos fazer vários eventos no Brasil, Europa e Ásia e claro, com a seleção.”

O ápice do brasileiro de 37 anos foi no Barcelona, onde conquistou uma Liga dos Campeões, duas ligas espanholas e duas vezes o título de melhor jogador do mundo pela FIFA, em 2004 e em 2005.

Há dois anos que Ronaldinho Gaúcho não disputava uma partida oficial. Mas bastou que seu irmão e empresário confirmasse que o atleta estava oficialmente se aposentando que o mundo da bola parou para render uma homenagem a um dos maiores astros que o esporte já viu.

Pelé foi um dos primeiros a cumprimentá-lo: “Ronaldinho, você trouxe um sorriso no rosto de todos. Desejo que você consiga driblar todos os desafios da vida, assim como você fez nos gramados.”

Como tantos outros, Neymar, do Paris Saint-Germain, reverenciou o ex-jogador pelo seu futebol arte. “Que honra fazer parte de sua história. Sempre vou me lembrar da sua alegria em campo, você deixou um legado que dificilmente será batido no futebol arte…”, postou.

O argentino Messi agradeceu os ensinamentos no seu inicio no Barcelona: “Como sempre disse, aprendi muito a seu lado. Embora decida ir, o futebol não esquecerá de seu sorriso jamais. Tudo de melhor, Ronnie”.

O goleiro espanhol Casillas destacou que sofreu com o brasileiro. “Sofri, mas como amante do futebol, eu também desfrutei. Fantástico!”

O italiano Pirlo lembrou da dupla que formaram no Milan: “Um dos melhores! Obrigado, Ronny! Foi um prazer ter jogado com você.”

O zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, também o exaltou: “Fim da carreira de um verdadeiro monstro!!!”

 

Foto: Barcelona/Divulgação

 

Carreira de Ronaldinho

Grêmio (1998 – 2001): 145 jogos, 75 gols

Paris Saint-Germain-FRA (2001-2003): 77 jogos, 25 gols

Barcelona-ESP (2003-2008): 249 jogos, 108 gols

Milan-ITÁ (2008-2011): 116 jogos, 29 gols

Flamengo (2011-2012): 72 jogos, 28 gols

Atlético-MG (2012-2014): 88 jogos, 28 gols

Querétaro-MEX (2014-2015): 32 jogos, 8 gols

Fluminense (2015): 9 jogos

Seleção Brasileira (1999-2013): 100 jogos, 34 gols

Títulos

Grêmio

Campeonato Gaúcho: 199

Copa Sul: 1999

Paris Saint-Germain

Copa Intertoto da UEFA: 2001-2002

Barcelona

Liga dos Campeões da UEFA: 2005-2006

Campeonato Espanhol: 2004-2005 e 2005-2006

Supercopa da Espanha: 2005-2006 e 2006-2007

Milan

Campeonato Italiano: 2010-2011

Flamengo

Taça Guanabara: 2011

Taça Rio: 2011

Campeonato Carioca: 2011

Atlético-MG

Copa Libertadores: 2013

Recopa Sul-Americana: 2014

Campeonato Mineiro: 2013

Seleção Brasileira

Copa do Mundo: 2002

Copa América: 1999

Copa das Confederações: 2005

Olimpíada: Bronze 2008

Foto: Atlético-MG/Divulgação

 

Momentos da carreira:

1999: Na final do Campeonato Gaúcho de 1999, aos 19 anos, faz o gol do título e mostra sua irreverência dando um chapéu em Dunga, capitão da seleção brasileira.

2002: Em um dos seus melhores jogos na Copa de 2002, Ronaldinho dá passe para Rivaldo marcar o primeiro gol da seleção e, de falta faz o segundo na vitória sobre a Inglaterra.

2005: No auge da carreira, Ronaldinho foi o destaque na vitória do Barcelona por 3 a 0 sobre o Real Madrid no estádio Santiago Bernabéu. Marcou dois golaços, e saiu de campo aplaudido pelos torcedores rivais.

2011: Jogo amistoso em Torréon, no México, Ronaldinho marca contra a seleção local seu último gol com a camisa da seleção brasileira.

2013: Já sem a mesma forma física, mas ainda esbanjando talento, Ronaldinho conquista seu último grande título. É campeão da Copa Libertadores, com o Atlético-MG.

2015: Faz seu último jogo como profissional no Maracanã. O Fluminense vence o Goiás, pelo Campeonato Brasileiro por 2 a 0. Dois dias depois, rescinde o contrato com o clube após disputar nove jogos e não marcar nenhum gol.

 

Foto em destaque: CBF/Divulgação

 

Redator: Luiz Maximo, de São Paulo.

Luiz Máximo Moreno Morelo

Meu nome é Luiz Máximo Morelo, sou paulista, 65 anos, comecei no rádio em 1968. Em 1976 fui para a TV Record, depois Rede Bandeirantes, Globo, SBT e por 20 anos trabalhei na TV Cultura. Sempre acom[...]

350 posts | 0 comments

Comments are closed.

Menu Title