Abaixo do esperado, Brasil vai a Sapporo em busca de um milagre no Mundial de Vôlei

Abaixo do esperado, Brasil vai a Sapporo em busca de um milagre no Mundial de Vôlei

Like
478
0
sábado, 21 setembro 2019
Seleção Brasileira Feminina

A seleção brasileira feminina de vôlei fez cinco partida, em Hamamatsu, no Japão, pela Copa do Mundo de Vôlei 2019. Porém, no Mundial de Vôlei, o resultado não foi o dos melhores. Com apenas três vitórias, a equipe de José Roberto Guimarães encontrou bastante dificuldades, principalmente com as seleções considerada favoritas ao título.

Por: Clinton Dias, São Paulo, SP

Atualmente, o Brasil está no 6º lugar. No entanto, conforme o regulamento, todos se enfrentam. Entretanto, vence a equipe que atingir o maior número de pontos. Mas, diante dessa situação, a seleção brasileira não depende mais de si mesmo para levar o Mundial de Vôlei Feminino. Todavia, ainda há esperança, já que o time vem de bons resultados anteriores. Além disso, conta com Gabi e Lorenne em alto nível. Porém, a tarefa não será das mais fáceis.

Os jogos

14/09 – Brasil 3×2 Sérvia (25/20, 23/25, 25/18, 22/25 e 15/12)

Logo em sua estréia, contra a Sérvia, o Brasil mostrou alto nível de voleibol. Com 23 pontos, a jovem, oposta Lorenne, foi o nome da equipe. Entretanto, pelo lado sérvio houve cinco desfalques. Na semana anterior, elas conquistaram o bicampeonato europeu seguido contra a Holanda. 

 

15/09 – Brasil 3×0 Argentina (25/17, 25/19 e 25/16)

No clássico sul americano, sem surpresas. Com muita solidez desde o início da partida e o bloqueio funcionando, as brasileiras passearam em quadra contra as argentinas. A ponteira Gabi, com 18 pontos foi a maior pontuadora da equipe e do jogo.

 

16/09 – Brasil 0x3 Holanda (23/25, 21/25 e 22/25)

Por outro lado, as holandesas venceram o Brasil com facilidade. A seleção esteve apática e totalmente dominada. A oposta, Lonneke Sloetjes, com 25 pontos foi o nome do jogo. Contudo, pelo lado brasileiro, nem Lorenne, com 13 pontos, conseguiu incomodar as vices campeãs europeia.

 

18/09 – Brasil 3×0 Quênia (25/20, 25/17 e 25/14)

Após um dia de folga, a seleção voltava à quadra contra a seleção do Quênia. Em pouco mais de uma hora de jogo, o Brasil passou pelas africanas, sem muitas dificuldades. A central, Mara, foi o destaque brasileiro com 14 pontos.

 

19/09 – Brasil 0x3 Estados Unidos (22/25, 18/25 e 19/25)

Por fim, no jogo chave da competição para se firmar no topo, o Brasil decepcionou contra as americanas. Totalmente evolvidas, a seleção brasileira viu os Estados Unidos chegar a cinco vitórias em cinco jogos; Além disso, emplacava a segunda derrota do Brasil, no torneio. A ponteira, Kelsey Robinson, com 15 pontos foi a maior pontuadora da partida. 

E agora?

Enfim, já na cidade de Sapporo, o Brasil terá mais três confrontos pela frente. Portanto, para sonhar com título inédito, tem que vencer todos os jogos. No domingo, a seleção enfrentará as chinesas. Simplesmente são as atuais campeãs e estão invictas no torneio, juntamente com os Estados Unidos. Posteriormente, o Brasil jogará contra a República Dominicana. Por fim, o Brasil finaliza a sequência em Sapporo contra as donas da casa, o Japão.

Os jogos do Mundial de Vôlei Feminino

Local: Hamamatsu

14/09 (sab) – Brasil 3×2 Sérvia, às 5h

15/09 (dom) – Brasil 3×0 Argentina, às 5h

16/09 (seg) – Brasil 0x3 Holanda, às 5h

18/09 (qua) – Brasil 3×0 Quênia, às 6h

19/09 (qui) – Brasil 0x3 Estados Unidos, às 6h

Local: Sapporo 

22/09 (dom) – Brasil x China, às 3h

23/09 (seg) – Brasil x República Dominicana, à 0h30

24/09 (ter) – Brasil x Japão, às 7h20

Local: Osaka

27/09 (sex) – Brasil x Camarões, às 2h

27/09 (sex) – Brasil x Coreia do Sul, às 23h

29/09 (dom) – Brasil x Rússia, às 2h

Foto em destaque: FIVB / Divulgação

Clinton Dias

Clinton Dias

O esporte foi o princípio para eu escolher o jornalismo como profissão. Entretanto, quero trafegar todas as áreas jornalísticas, em busca do conhecimento e da verdade para repassar aos que precisa[...]

62 posts | 0 comments

Comments are closed.