A partida dos invictos na Superliga Feminina, o que esperar do clássico entre Minas e Osasco?

A partida dos invictos na Superliga Feminina, o que esperar do clássico entre Minas e Osasco?

Like
245
0
sexta-feira, 27 novembro 2020
Superliga Feminina

Minas e Osasco se encontram para o grande duelo da 6ª rodada dessa sexta (27) na Superliga Feminina de Vôlei. Mineiros e paulistas se encontram para disputa. Afinal, quem perderá a invencibilidade? Eis a questão! No entanto, a partida será realizada na Arena Minas, às 21h30, na capital mineira.

Por: Artur de Figueiredo, de Mogi das Cruzes, SP.

Confira também
Tira-teima. Em reedição da final do Paulista Vôlei Renata recebe o invicto Taubaté

Jogo dos invictos na Superliga Feminina

Ambas equipes estão em igualdade com 15 pontos, 5 vitórias, 2 sets perdidos. Com um equilíbrio em quase todos quesitos, a diferença se acentua apenas na quantidade de pontos efetuados e perdidos. Dessa forma, se trata de uma leve vantagem mineira.

 

Armas e falhas

Osasco e Minas são equilibrados até em suas potencialidades e fraquezas. O tradicional clube de Belo Horizonte tem como força a espinha dorsal que conta com a líbero Leia e as centrais Thaísa e Gattaz. Da mesma forma, o clube paulista que tem em sua composição, a força da líbero Camila Brait e as centrais Bia e Mayani. Além disso, as levantadoras Macris e Roberta fazem o duelo estratégico que utilizam a velocidade de suas centrais e precisão nas pontas, nas saídas.

Se por um lado, o elenco das equipes se acirra na disputa no nível de suas atletas. Por outro lado, pulgas coçam as orelhas de ambas torcidas. O Osasco São Cristóvão Saúde usa e abusa da referência, a oposta Tandara. Desse modo, o jogo do Osasco acaba se tornando previsível em alguns momentos. Em contrapartida, Nicola Negro já pensa em uma maneira de ‘minar’ as viradas de Tandara e cia. Jaqueline é outra jogadora responsável pelo passe osasquense.

 

Por outro lado,  Cuttino e Hodge, as americanas recém chegadas, ainda passam por um processo de adaptação. Por isso oscilam em alguns momentos. Definitivamente, Luizomar de Moura vai tentar desestabilizar o passe para tirar a bola das mãos de Macris, grande maestra e responsável pela organização ofensiva da equipe.

 

Portões fechados

Por fim, a partida de logo mais acontecerá com os portões fechados devido a COVID-19. Seguindo a cartilha da OMS (Organização Mundial de Saúde), os clubes, juntamente a CBV (Confederação Brasileira de vôlei) entraram em comum acordo, para que ambas competições do calendário nacional aconteçam sem público.  

 

Superliga Feminina ao vivo aqui na Poliesportiva 

Por fim, aqui na Rádio Poliesportiva você confere todas as emoções de Itambé Minas e Osasco São Cristóvão Saúde. Ao vivo, na Jornada do Vôlei. Assim, para conferir a nossa transmissão, basta acessar o nosso site www.radiopoliesportiva.com.br. Por fim, clique no link “Ouça Agora“. Fique ligado! A Jornada do Vôlei com todas as informações prévias dessa partida começará às 21h (horário de Brasília). O jogo iniciará às 21h30 na Arena Minas em BH. Portanto, não perca!

Superliga Feminina de Vôlei 2020 2021 - 6ª rodada - Itambé Minas x Osasco São Cristóvão Saúde

Superliga Feminina de Vôlei 2020 2021 – 6ª rodada – Itambé Minas x Osasco São Cristóvão Saúde

Assim, essa transmissão terá a narração de Paulo Arnaldo Lima, os comentários de Rogerio Costa e reportagens de Artur de Figueiredo. Aqui você não perde nenhum detalhe! Afinal, a Rádio Poliesportiva é a rádio do vôlei, a rádio de todos os esportes!

Foto destaque: Reprodução/Minas Tênis Clube Facebook

Artur de Figueiredo

Artur de Figueiredo

52 posts | 0 comments

Comments are closed.