A estreia das Super Poderosas da Poliesportiva juntas

A estreia das Super Poderosas da Poliesportiva juntas

2
2372
0
sábado, 02 dezembro 2017
Futebol Brasileiro

O domingo de última rodada do Brasileirão será especial para Rádio Poliesportiva. Após um longo caminho para encontrar as pessoas certas, alguns meses de preparação entre uma transmissão e outra, ajustes e amadurecimento, finalmente a rádio chegou ao grande dia. Da estreia delas reunidas, batizadas carinhosamente como Super Poderosas da Poliesportiva.

O jornalismo resistiu por um certo tempo à participação de mulheres em transmissões esportivas. Desde o início deste ano, o diretor Paulo Arnaldo não sossegou uma noite sequer para viabilizar uma equipe 100% feminina. Não foi simples! Não foi fácil. O caminho foi árduo, para um veículo que existe há pouco mais de um ano e que precisa amadurecer em muitos aspectos. O diretor Paulo Arnaldo só conhecia uma repórter, a Natália Santana, da Rádio Paraty de São Bernardo do Campo. Eles trabalharam juntos na finada Rádio Esporte na Rede. Além disso, a repórter Natália Santana produziu um TCC sobre o futebol feminino, com um programa de rádio denominado ‘Elas em Campo’. E graças ao TCC, surgiu a Elaine Trevisan, jornalista de São José do Rio Preto que trabalha na Rede Vida de televisão. Que gentilmente fez uma narração de um gol de um jogo de futebol feminino e que foi incorporado ao programa especial do futebol feminino desse TCC.

O TCC nutriu ainda mais a ideia de um dia, a Rádio Poliesportiva contar com uma equipe 100% feminina. A narradora era a parte mais difícil desse quebra-cabeça. Mas dali, surgiu o começo da nossa história. Só que havia um problema! A Elaine Trevisan morava e trabalhava em São José do Rio Preto, bem distante da capital paulista, sede da Rádio Poliesportiva.

O diretor da Poliesportiva foi à luta. Devido a inviabilidade da Elaine, ele se propôs a buscar um talento e se fosse necessário, formaria uma narradora. Houve a tentativa de uma pessoa que se interessou de início, mas que ao passar do tempo, não demonstrou mais aquele interesse e acabou saindo da Rádio Poliesportiva. Nesse intervalo de tempo, a Rádio Poliesportiva contou com a Luciane Bruno, a primeira mulher que participou como repórter em transmissões esportivas pela rádio. Ela esteve presente nas transmissões de alguns jogos da Superliga Masculina na temporada 2016/2017, inclusive em um dos jogos da semifinal entre SESI-SP e Taubaté. A Juliane dos Santos, da cidade de Guarulhos, procurou a direção da rádio e demonstrou interesse em participar. Com o talento que ela demonstrou de início, tão logo ela foi incorporada às transmissões como repórter e comentarista.  A Luciane Bruno não seguiu conosco, mas com a Natália Santana e a Juliane Santos, a direção da rádio não desistiu e seguiu em busca da narradora.

A repórter Natália Santana, na transmissão de Oeste e Juventude, pelo Campeonato Brasileiro da Série B – na Arena Barueri.

A rádio realizou a transmissão da semifinal do Campeonato Brasileiro Feminino entre Santos e Iranduba-AM com o diretor Paulo Arnaldo na narração, Juliane dos Santos nos comentários e Natália Santana nas reportagens. A Natália ainda participaria da transmissão da final desse mesmo campeonato entre Corinthians e Santos em Barueri.

Nesse intervalo de tempo, uma ligação da Natália Santana reacendeu a esperança da Poliesportiva contar com a sonhada narradora esportiva. A Elaine Trevisan estava de mudanças para São Paulo. Finalmente houve a viabilidade da entrada dela na Rádio Poliesportiva e assim formando o 100% da equipe feminina.  Neste segundo semestre, Natália, Juliane e Elaine participaram de diversas transmissões pelo NBB, Superliga, Campeonato Paulista de Basquete Masculino, Paulista Feminino de Futebol e Campeonato Brasileiro – séries A e B. Foi uma trajetória rumo ao amadurecimento. Por uma feliz coincidência, no dia 07 de novembro de 2017, a Rádio Inconfidência, de Belo Horizonte, no jogo entre América-MG e ABC-RN pela Série B do Campeonato Brasileiro, estreava a narradora Isabelly Morais de 20 anos – no Dia do Radialista. Nesse mesmo dia, pela Rádio Poliesportiva, a Elaine Trevisan estava narrando um importante jogo da Superliga Feminina, entre Pinheiros e SESC-RJ. O sentimento desse dia era de uma conquista da quebra desse tabu. A Rádio Poliesportiva aplaude de pé, a iniciativa da Rádio Inconfidência por também essa nobre ação.

 

A narradora Elaine Trevisan e a comentarista Juliane dos Santos atuando juntas em jogo da Superliga Feminina entre Pinheiros e SESC-RJ, no Ginásio Henrique Villaboim, em 07/11/2017.

 

Não deveria ser algo tão diferente, incomum! Não deveria ser quebra de tabu! As mulheres deveriam ter o respeito e a igualdade no jornalismo esportivo há muito tempo. A realização dessas duas ações simboliza uma bandeira. De que “sim”, as mulheres podem narrar, reportar e comentar em transmissões esportivas, e são tão competentes quanto os homens. Que finalmente, o jornalismo esportivo está reparando um erro, um equívoco que atravessou um longo período. No futuro da Rádio Poliesportiva, a certeza que terão transmissões com equipe 100% feminina em algumas ocasiões e em outras, elas estarão mescladas com outros integrantes do sexo masculino, seguindo um fluxo natural de escala. Por que aqui, elas serão tratadas com igualdade. Essa bandeira tem que ir além e significar longevidade e principalmente confiança em definitivo do público, ouvinte e/ou telespectador. E que todos os diretores de veículos de comunicação repensem essa ideia daqui para frente. Pois elas são tão capazes quanto eles.

São Paulo e Bahia, pela última rodada do Brasileirão, será com uma equipe 100% feminina aqui na Rádio Poliesportiva. A narração será de Elaine Trevisan, comentários de Juliane dos Santos e as reportagens de Natália Santana. Para acompanhar essa transmissão, acesse www.radiopoliesportiva.com.br, ou através dos Apps para celular TUNEIN ou RadiosNET. Neste domingo, à partir das 16h30.  Para fechar com chave de ouro o ano de 2017 e que assim seja para sempre!

 

Fotos: Rádio Poliesportiva
Projeto Elas em Campo: https://www.facebook.com/ProgramaElasEmCampo/

 

Redação: Equipe da Rádio Poliesportiva

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo e[...]

555 posts | 2 comments

Menu Title