A dura jornada do São Caetano na Superliga

A dura jornada do São Caetano na Superliga

Like
146
0
quarta-feira, 28 abril 2021
Vôlei

Na última segunda-feira (26) veio ao ar mais um Jornada do Vôlei Debate. Desse modo, em sua 30ª edição o programa esteve com mais um convidado especial. O técnico do São Caetano, Fernando Gomes abriu o jogo sobre a temporada difícil na Superliga da equipe do ABC paulista. O clube pela primeira vez em sua história conheceu o amargo sabor do rebaixamento, portanto, estará na próxima Superliga B. A luta para adquirir um patrocínio, falta de investimento, as expectativas para a renovação do projeto e muito mais no programa.

Por: Lucas Ribeiro, São Paulo, SP

UMA SUPERLIGA DIFÍCIL

De fato, a última Superliga entrou para a história. Além de jogos de tirar o folego e um equilíbrio jamais visto na competição, outros fatores também chamaram a atenção. Sem dúvidas, o desafio de disputar uma temporada no meio de uma pandemia seja talvez um dos maiores desafios já vistos para muitos clubes. Sobretudo, para aqueles que o investimento é menor. O São Caetano, por exemplo, sofreu muito na temporada. O time jogou praticamente todo o campeonato sem um patrocinador, fator determinando na campanha. O Sanca foi o último colocado e, posteriormente rebaixado sem ao menos vencer uma partida. Tudo o que aconteceu nos bastidores dessa luta e como as jogadoras e comissão lidou com a situação em um todo, Fernando Gomes técnico da equipe falou no programa. Confira:

A VOLTA POR CIMA

Contudo, uma coisa é certa, o São Caetano é um dos principais e tradicionais clubes de voleibol no Brasil. O time é muito conhecido por seu trabalho na base, onde, consequentemente, já revelou grandes estrelas. Dessa forma, Fernando Gomes garante que o projeto continua e voltará mais forte. O time no fim da última Superliga conseguiu um patrocinador e espera logo retomar o caminho das vitórias e retornar à elite. Entretanto, quem sabe o time, a exemplo do ano passado não precise jogar a Superliga B devido a algumas desistências? O fato é que o São Caetano é de extrema importância para nossa história no vôlei, dessa maneira esperamos que logo o time brilhe novamente.

Foto Destaque: Divulgação/Poliesportiva

Lucas Ribeiro

Lucas Ribeiro

O jornalismo foi algo algo que aconteceu. Sou um amante de esportes nato, de todos os esportes, isso é o que me faz feliz e nisso que quero seguir. Entre estádios e ginásios, trabalhar com esportes[...]

92 posts | 0 comments

Comments are closed.