Vettel vence no Bahrein e assume a liderança do mundial de F1

Vettel vence no Bahrein e assume a liderança do mundial de F1

Like
261
0
segunda-feira, 17 abril 2017
Formula 1

Na terceira etapa do Mundial de Fórmula 1 de 2017, realizado no Bahrein, Sebastian Vettel foi quem ergueu a taça no alto do pódio, assumindo assim a liderança do campeonato. Durante toda a prova, Ferrari e Mercedes lutaram pela ponta, deixando bem claro como serão as próximas provas da categoria, num ambiente cheio de rivalidade entre duas equipes, algo que não se via a algumas temporadas.

 

Como foi a prova

Logo na largada, Bottas que largava na frente manteve-se na ponta enquanto Vettel partiu pra cima de Hamilton e saiu da reta dos boxes no encalço do finlandês, já em segundo. Hamilton acompanhava Vettel em terceiro e Verstappen se aproximava na quarta posição. Ricciardo era o quinto, e Raikkonen perdeu a posição para Massa, que já havia ultrapassado Hülkenberg na largada.

Ainda na adaptação dos carros novos, os pilotos sofriam na hora de ultrapassar por conta da turbulência em retas. Vettel apertava Bottas, mas não conseguia passar. Verstappen também não conseguia ultrapassar Hamilton. A única oportunidade veio na tentativa de Raikkonen, que passou Massa graças a um equipamento superior.

Bottas conseguiu manter a liderança após a largada. Foto: Sutton Motorsport Images

Bottas conseguiu manter a liderança após a largada. Foto: Sutton Motorsport Images – publicado em Formula1.com

Em seguida, os carros da frente começaram a traçar suas estratégias nos pits. Vettel foi aos boxes e Verstappen também, logo em seguida. Porém o holandês teve problemas de freios e abandonou ao passar reto em uma das curvas do circuito barenita. Enquanto os pit stops aconteciam, o jovem Lance Stroll na volta 13 abandonou mais uma vez na temporada. Foi o terceiro em três corridas. Desta vez, talvez tenha tido menos culpa, ao não ver a aproximação de Sainz, que saiu dos boxes com muita sede ao pote, e com compostos frios abarrotou o carro do canadense na primeira curva após a reta dos boxes. Os dois abandonaram.

 

Safety car preponderante

Com toda a confusão e vários abandonos em pouco tempo de atuação (além de Stroll, Sainz e Verstappen, Magnussen também parou por falha mecânica) o carro de segurança foi acionado. Vettel assumiu a liderança, Bottas era o segundo, Hamilton aparecia em terceiro e Massa em quarto. Foi quando a corrida mudou. Hamilton entrou nos boxes lento demais para aguardar o serviço no carro de Bottas, que estava logo a frente na parada. Como em bandeira amarela não era permitida a ultrapassagem, a sua lentidão atrapalhou no corredor dos boxes Daniel Ricciardo, que teve de reduzir seu ritmo e não pode ultrapassar o inglês.

Após as paradas, a direção da prova investigou e decidiu pela punição do inglês. O mesmo foi obrigado a pagar cinco segundos parado no pit lane, porém poderia fazê-lo quando parasse novamente, e foi o que ele fez. Neste meio tempo, a equipe Mercedes solicitou a Bottas que deixasse Hamilton passar, alegando ritmo melhor do inglês, já que este ainda teria que pagar uma punição. Houve a ultrapassagem, o que parece não ter agradado muito o finlandês.

 

Perseguição em vão e vitória ferrarista

Com o passar das voltas, Hamilton faz novamente a sua parada e sai em terceiro após pagar a punição. Após passar Bottas, saiu em perseguição a Vettel mas já era tarde. A Ferrari e Sebastian Vettel, em grandes dias, fechavam a prova na liderança, com Hamilton em segundo. Bottas com cara de poucos amigos completou o pódio. Raikkonen numa corrida tranquila fechou a prova em quarto, Ricciardo em quinto e Massa em sexto. O brasileiro faz o bê a bá do que a sua Williams oferece e termina rigorosamente atrás dos melhores carros do grid. Perez, Grosjean, Hülkenberg e Ocon completaram a zona de pontuação. Wehrlein, Kvyat, Palmer e Alonso completaram sem pontuar. Ericsson, Verstappen, Magnussen, Stroll e Sainz não completaram. Vandoorne nem largou.

Momento da bandeirada e vitória de Vettel. Foto: Sutton Motorsport Images - publicado em Formula1.com

Momento da bandeirada e vitória de Vettel. Foto: Sutton Motorsport Images – publicado em Formula1.com

A próxima corrida acontece daqui quinze dias no GP de Sochi na Rússia, prometendo uma Mercedes em perseguição a Vettel e a boa fase em que vive.

 

Por Danilo Dias

Foto de capa: Glenn Dunbar/LAT Images – publicado em FIA (Página do Facebook).

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

257 posts | 2 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INTERVALO - Rádio Poliesportiva