Diário de Bordo Poliesportivo: A última rodada das Eliminatórias

Diário de Bordo Poliesportivo: A última rodada das Eliminatórias

Like
86
0
quarta-feira, 11 outubro 2017
Futebol Brasileiro

Durante toda a terça-feira a expectativa era sobre as definições dos países que classificariam-se para a Copa do Mundo ou que iriam para a repescagem. Logo cedo assisti ao final de Austrália x Síria e no final da tarde acompanhei o desfecho na Europa. Para fechar o dia com chave de ouro, fui ao Allianz Parque assistir Brasil x Chile, pela última rodadas das Eliminatórias da América do Sul.

Junto com Mario antes do início da partida.

A chuva que deu as caras no final da tarde, para a minha sorte não apareceu mais. Mario e eu chegamos no estádio uma hora e meia antes do jogo, e a primeira coisa que fizemos foi correr atrás do copo da partida, um item obrigatório de comprar quando é vendido nos jogos. Um pouco antes do início, percebi que estávamos nos lugares errados e achamos os corretos.

Jogadores entram em campo, os hinos são executados, e a partida começa. Logo de cara, o placar anuncia gol do Equador conta a Argentina e quase todos no estádio comemoram. Enquanto o Brasil criava mais chances de gol, ficávamos de olho nas outras partidas. E a cada gol que saía, uma decepção, pois todos os resultados que estávamos torcendo, não estavam saindo.

Bandeiras do Chile, da Copa de 2018, da FIFA, da Conmebol e do Brasil no Allianz Parque

No segundo tempo, Paulinho abre o placar aos 9 minutos e dois minutos depois, Gabriel Jesus faz o segundo do Brasil. Ao mesmo tempo em que estávamos felizes, também batia a preocupação com os outros placares. Aos 35 minutos, deixamos o Allianz Parque, pois Mario ainda pegaria um ônibus para Atibaia. Na saída, o placar anuncia gol de empate do Peru contra o Colômbia, e bate uma ponta de esperança.

Já na Avenida Francisco Matarazzo, vejo que Gabriel Jesus fez o terceiro do Brasil. Quando olho a tabela, noto que o Peru estava indo para a repescagem. Comemoramos gritando no meio da avenida. Chegando no metrô Tatuapé, nova surpresa: Panamá venceu a Costa Rica e se classificava para a Copa enquanto os Estados Unidos estava eliminado depois de perder para Trinidad e Tobago.

No ônibus, ouço uma mensagem do Mario dizendo que encontrou com alguns chilenos chorando no Terminal Tietê com a eliminação e que procurou dar forças para eles. Chego em casa cansado, mas agradecido pelo dia vivido e ainda mais ansioso pela Copa do Mundo que está cada vez mais próxima.

Em casa, com o copo do jogo.

Foto de capa: Bruno Filandra Lopes/Rádio Poliesportiva

 

Redator: Bruno Filandra Lopes, de São Paulo.

Bruno Filandra

Bruno Filandra

14 posts | 0 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INTERVALO - Rádio Poliesportiva