Guarani e Brasil-RS começam a trajetória em busca de uma vaga na elite

Guarani e Brasil-RS começam a trajetória em busca de uma vaga na elite

Like
990
0
sexta-feira, 12 maio 2017
Sem categoria

A bola vai rolar nesta sexta-feira pela primeira rodada do Campeonato Brasileiro da série B. 20 clubes lutarão pelas quatro vagas que dão acesso a elite do futebol nacional. E os quatro últimos serão rebaixados para a série C.

Às 20h30 Guarani (SP) e Brasil de Pelotas (RS) se enfrentam no Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas. O bugre por pouco não se classificou para as semi-finais da série A2 do campeonato paulista, ficando na sexta posição da primeira fase. Já o time Xavante escapou por um ponto de ser rebaixado para a segunda divisão gaúcha.

Ambas as campanhas nos respectivos estaduais não desanimaram as equipes para a estréia na série B. Tanto Guarani quanto o Brasil de Pelotas saíram em busca de reforços para a competição nacional.

 

Bugre contrata doze jogadores

Tendo como prioridade a defesa e o ataque, o Guarani foi para o mercado pensando na contratação de dez a doze jogadores. Além da incessante busca por nomes, o bugre teve que driblar a falta de recursos para agradar ao máximo o técnico Vadão.

Já desembarcaram em Campinas: o zagueiro Willian Rocha; o lateral-esquerdo Eron; o lateral-direito Kevin; os meias Denner, Edinho e Luiz Fernando; os atacantes Claudinho; Gabriel Leite e Caíque, além do goleiro Vagner. Outro que também vai vestir a camisa bugrina a pedido do técnico Vadão, é o volante Richarlyson, que foi vítima de comentários homofóbicos nas redes sociais e teve que ouvir bombas serem atiradas no estádio Brinco de Ouro no momento de sua apresentação.

Fora estes nomes, a diretoria ainda espera fechar com mais três nomes: o atacante Ricardo Bueno, os zagueiros Alex Silva que está no Jorge Wilstermann da Bolívia, e Ewerton Páscoa que já defendeu a camisa bugrina em 2011 e 2012.

 

Brasil de Pelotas quer apagar má impressão

Depois de um campeonato gaúcho muito aquém do esperado, onde o time Xanvante lutou até a última rodada contra o rebaixamento, e uma recente eliminação na primeira fase da Primeira Liga, o Brasil de Pelotas teve tempo para se preparar para a estreia na serie B.

Dos seis jogadores contratados, o Brasil de Pelotas só contará com três para o jogo diante do Guarani. O goleiro Marcelo Pitol, o meia atacante Rafinha e o lateral-esquerdo Breno, estarão a disposição do técnico Rogério Zimmermann. O treinador deve manter a mesma base e esquema tático, da equipe que disputou a última rodada do campeonato gaúcho.

 

Portões fechados
A partida desta sexta-feira será realizada com portões fechados, já que o Guarani foi punido devido à confusão com seus torcedores e a policia na partida contra o Boa Esporte no segundo jogo da final da série C, realizada no estádio Dílson Melo, ano passado. O bugre também foi multado em 22 mil reais.

Acompanhe a melhor transmissão do rádio brasileiro para Guarani (SP) x Brasil de Pelotas (RS) ao vivo, a partir das 20h00 na Rádio Poliesportiva. Ramoni Artico narra, Danilo Dias comenta e Rafael Regis será o responsável pelas reportagens. Acesse www.radiopoliesportiva.com.br em seu navegador, ou então ouça pelos aplicativos RadiosNet ou TuneIn para aparelhos de telefone celular Android, ou Iphone. Não percam! Rádio Poliesportiva, a arte do esporte.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – Série B – 1ª Rodada
Estádio Brinco de Ouro da Princesa, Campinas – SP
Sexta-feira 12 de maio de 2017 – 20h30
Árbitro: Alisson Sidnei Furtado – TO (CBF)
Assistente 1: Cipriano da Silva Souza – TO (CBF)
Assistente 2: Fernando Gomes da Silva – TO (CBF)
Quarto árbitro: Salim Fende Chavez – SP (CBF)

 

Prováveis equipes

Guarani (SP): Leandro Santos; Lenon, Genilson, Jussani e Gilton; Auremir e Evandro; Bruno Nazário, Fumagalli e Claudinho; Eliandro.
Técnico: Oswaldo Alvarez (Vadão)

Brasil de Pelotas (RS): Eduardo Martini; Eder Sciola, Teco, Evaldo e Marlon; Leandro Leite, João Afonso, Nem e Juninho; Bruno Lopes e Rodrigo Silva.
Técnico: Rogério Zimmermann

 

Foto de capa: Gabriel Ferrari / Guarani Press.

 

Matéria de Rafael Régis

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo do Amaral Lima

Paulo Arnaldo, paulista, CEO da Poliesportiva, jornalista, apresentador e narrador esportivo. Conhecido no meio jornalístico como P.A., Paulo Arnaldo tem vasta experiência desde 2008 no jornalismo esportivo, Paulo Arnaldo tem passagens importantes pelo canal de TV Net Cidade, TV+, STI, Programa Esporte na Rede da UPTV e Rádio Esporte na Rede. Atualmente, trabalha exclusivamente na Poliesportiva. Possui grande vivência em eventos esportivos nacionais e internacionais como FIA, FIBA, ATP e Koch Tavares, CBV,CBF, LNB, FPF, Vicar, FPV, FPB, Conmebol, LNF, entre outros. Paulo Arnaldo possui muita experiência em transmissões da Fórmula E, ATP Brasil Open, Stock Car Brasil, Superliga de Vôlei, NBB, Liga Nacional de Futsal, Brasileirão, Paulistão, Libertadores da América, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro Feminino, entre outros.

510 posts | 2 comments